1. Argos, Grécia
Situada na região de Peloponeso, é um dos locais do mundo habitado há mais anos. A cidade foi um importante centro durante o período Micénico (1600.110 a.C.). Os túmulos micénicos, o santuário de Afrodite e um anfiteatro com capacidade para 20 mil pessoas são alguns dos vestígios históricos que permaneceram até aos dias de hoje.

2. Atenas, Grécia
Os vestígios de civilização na Acrópole (a cidade construída nas partes mais altas do relevo da região) remontam a 5000 a.C.. Reza a lenda que o nome se deve a Atena, deusa da sabedoria, da guerra e das artes. É considerada o berço da democracia. Foi a cidade berço de Sócrates, Platão ou Péricles, grandes pensadores da Grécia Antiga. A Acrópole, Plaka e o Monte Licabeto podem ainda hoje ser visitadas.

3. Plovdiv, Bulgária
Os vestígios de vida no período Neolítico remontam a 4000 a.C.. A cidade foi invadida pelos Trácios, Macedónios, Romanos e, mais tarde, pelos Otomanos. O teatro de Philippopolis bem como um antigo estádio olímpico com capacidade para 30 mil pessoas são duas das atrações históricas do local.

4. Chania, Creta, Grécia
As ruínas de Chania remontam à Era Minóica, mas pensa-se que as fundações de Chania tenham começado ainda no período Neolítico. Homero descreveu-a como um dos mais importantes centro da época. Pensa-se que terá sido completamente destruída pelos Sarracenos e reconstruída pelos Venezianos. Atualmente, é a maior atração da ilha de Creta.

5. Patras, Grécia
Habitada desde o Heládico Inferior (3100-2650 a.C.), a cidade foi ocupada pelos Turcos e em 1779 pelos Albaneses muçulmanos. Atualmente, é a 3ª maior cidade grega com 200 mil habitantes.

Os destinos que queria (mas não poderia) ter visitado há 15 anos atrás
Os destinos que queria (mas não poderia) ter visitado há 15 anos atrás
Ver artigo

6. Trikala, Grécia
Esta cidade habitada desde 3000 a.C. foi invadida pelos Persas e Romanos. O templo de Asklepieion é um dos vestígios mais antigos da cidade.

7. Tebas, Grécia
O historiadores acreditam que a vida em Tebas existe desde há 5 mil anos. A cidade é uma das mais importantes da mitologia grega e foi provavelmente o berço de Hércules. O número de turistas é, no entanto, relativamente baixo, devido à proximidade de Atenas.

8. Kutaisi, Geórgia
Kutaisi foi a capital do Reino dos Colchis por volta de 2000 a.C.. Durante vários séculos, foi palco de conflitos entre líderes Georgianos, Russos e Otomanos. Possui um museu com mais de 16 mil objetos antigos e a Catedral de Bagrati, dos sécs. X e XI.

9. Larnaca, Chipre
A cidade – que remonta a 1300 d.C. - foi colonizada pelos Aqueus e Fenícios e mais tarde pelos Persas. Zenão de Cítio, o fundador do estoicismo, uma filosofia grega, terá nascido na cidade. Atualmente Larnaca é um destino comum de férias de verão mas tem outras atrações como a mesquita de Hala Sultan Tekke e um lago salgado, este último visitado por milhares de flamingos.

10. Cálcis, Grécia
A referência a esta cidade na Ilíada de Homero indica que os primeiros habitantes se poderão ter fixado há pelo menos 2800 anos atrás, antes da Guerra de Tróia. Apesar de importante durante a era Romana nada resta da civilização antiga. É atualmente um destino de férias de verão.

11. Lisboa, Portugal
Não se sabe ao certo quando os primeiros povos se começaram a fixar na cidade mas os trabalhos arqueológicos junto ao Castelo de São Jorge provam a presença dos Fenícios desde 1200 a.C.. A colina foi habitada durante a Idade do Ferro entre (600-800 a.C.) e, mais tarde, pelos Mouros, que estabeleceram um califado na Península Ibérica.

12. Mitilene, Lesbos, Grécia
A cidade antiga é atualmente a capital da ilha de Lesbos. Homero escreveu sobre o local, nomeadamente os ataques dos Aqueus durante a Guerra de Tróia entre 1300 e 1200 a.C.. A sardinha é uma das atrações gastronómicas de Mitilene.

13. Cádis, Espanha
A cidade foi fundada pelos Fenícios em 1100 a.C., que a apelidaram de “Gadir”. Situada na costa espanhola, serviu mais tarde como base naval aos Romanos. Foi ponto de partida de duas das viagens de Cristóvão Colombo à América.

14. Mtskheta, Geórgia
Situada a norte da capital Tbilisi, Mtskheta foi fundada há 3 mil anos e é o berço do Cristianismo no país. Em 2014, foi considerada “Cidade Sagrada” pela Igreja Ortodoxa georgiana e é Património Mundial da UNESCO desde 1994.

15. Zadar, Croácia
Os Liburnianos terão fundado a cidade em 900 a.C., que foi mais tarde ocupada pelos Romanos e Bizantinos. Nos séculos XVII e XVII, foi objeto de disputas entre Venezianos, Turcos e Franceses. Zadar foi ainda palco de conflitos armados durante a guerra pela independência durante a década de 90. A herança romana permanece até aos dias de hoje.

16. Erevan, Arménia
A cidade fundada um pouco antes de Roma, em 782 a.C., servia como importante ponto mercantil entre a Ásia e a Europa. Foi tomada pelos Assírios, Romanos, Bizantinos, Persas, Árabes, Seljúcida, Mongóis e Turcos. O fim da União Soviética em 1991 abriu a cidade ao turismo.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.