Em Oeiras, arredores de Lisboa, o padre Nuno Westwood faz as suas orações através de um altifalante no teto de um Smart e este domingo de Páscoa não foi exceção. Aliás, a forma como este padre português divulgou a sua mensagem de Páscoa acabou por chamar à atenção e foi notícia lá fora, depois das agências AFP e Reuters divulgarem o momento.

As ruas vazias de Notting Hill, em Londres, foram preenchidas pelas orações e canções de um reverendo que lá andou a espalhar a mensagem de Cristo. Em Jerusalém, pela primeira vez em mais de um século, a Basílica do Santo Sepulcro esteve encerrada. A missa de Domingo de Páscoa foi celebrada sem a presença dos fiéis.

Em Antananarivo, capital de Madagáscar, por outro lado, a ideia de um padre teve consequências não intencionais, uma vez que quando começou a celebrar a missa na parte traseira de um veículo, uma multidão reuniu-se ao seu redor. "Hoje devo orar sozinho, o que não significa dizer às pessoas para 'irem embora'", disse o padre Pedro Opeka.

Na Itália, alguns fiéis não puderam suportar o confinamento. Em San Marco in Lamis, uma localidade de 15.000 habitantes do sudeste do país, 200 pessoas participaram numa oração diante da igreja, causando uma onda de indignação e um pedido de desculpas do autarca.

Em Nicarágua, o governo pareceu não se importar com as medidas de distanciamento para impedir a propagação do vírus ao promover a celebração da Páscoa - apesar da Igreja ter suspendido todas as festividades.

Também no Vaticano, a Santa Missa do dia de Páscoa na Basílica de São Pedro, presidida pelo Papa Francisca foi celebrada sem fiéis.

Veja algumas imagens das celebrações do Domingo de Páscoa pelo mundo.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.