Banhada pelo oceano Atlântico e com sol ao longo dos doze meses do ano, Agadir é a capital do turismo balnear marroquino por excelência, combinando a tradição ancestral berbere e as influências cosmopolitas europeias.

A sua baía, considerada uma das mais belas do mundo, é o local perfeito para aqueles merecidos mergulhos de que tanto sente falta ou dar largas à adrenalina com a prática de desportos aquáticos, como a vela, o parasailing ou o esqui. Os membros mais jovens da família vão também adorar brincar e nadar neste spot, onde a segurança é garantida.

O paraíso dos surfistas

 Agadir: mar, história e cultura com sabor marroquino

A cerca de 20 quilómetros a norte de Agadir, encontra Taghazout, uma antiga aldeia piscatória famosa pelas suas ondas que é hoje uma estância balnear procurada sobretudo pelos surfistas. Killer Point e Anchor Point são dois dos spots preferidos dos desportistas mais experientes, mas não precisa ser um pro para subir para cima da prancha. Taghazout oferece surf camps, onde os principiantes são bem-vindos e é ainda o cenário perfeito para relaxar com uma sessão de yoga junto ao mar.

A herança portuguesa

De regresso a Agadir, descubra o legado português no kasbah, também conhecido como Fortaleza de Santa Cruz do Cabo de Gué. Pequeno forte construído em 1505 pelos navegadores lusitanos, foi conquistado em 1536 pelo filho de um sultão, tendo desde então sofrido alterações rumo à estrutura mais clássica de um kasbah.

O terramoto que assolou a cidade em 1960 destruiu grande parte do edifício, mas a muralha mantém-se até hoje. A sua posição privilegiada, 236 metros acima do nível do mar, garante uma vista inesquecível sobre Agadir e o oceano.

A medina de Coco Polizzi

 Agadir: mar, história e cultura com sabor marroquino
créditos: Zaineb Hachami / CC BY-SA 4.0

Afaste-se um pouco do centro e deixe-se conquistar pela medina reconstruída trinta anos após o terramoto. Batizado com o nome do artista italiano nascido em Marrocos responsável pelo projeto, este espaço teve como objetivo promover o artesanato local e a herança arquitetónica berbere ou Amazigh.  Joias, peças de couro e momentos únicos de música são apenas algumas das recordações que vai levar na bagagem e na memória depois de passar por aqui.

Não deixe ainda de visitar o Museu da Cultura Amazigh, onde poderá ficar a conhecer melhor os primeiros habitantes de Marrocos através de instrumentos musicais, têxteis, joalharia e cerâmica dos séculos XVIII e XIX.

Mel e argão: dois tesouros a descobrir

 Agadir: mar, história e cultura com sabor marroquino
créditos: Charles J. Sharp / CC BY-SA 4.0

Viaje para sul e explore o Parque Nacional de Souss-Massa, uma zona protegida com mais de 300 quilómetros quadrados, cuja paisagem se divide entre penhascos gigantescos, pântanos, florestas e extensos areais. Antílopes, javalis, mangustos e os famosos íbis-eremitas são apenas algumas das espécies com que se irá cruzar nestas paragens.

 Agadir: mar, história e cultura com sabor marroquino

E se a fauna era já uma excelente razão para a aventura, a flora não fica atrás. As amendoeiras resplandecem no fim do inverno e dão origem ao famoso mel, mas ir a Agadir e não descobrir o argão é praticamente um pecado. A árvore endémica de Marrocos cresce um pouco por toda a parte e é dos seus frutos que se extrai o valioso óleo, produzido de modo ancestral pelas mulheres Amazigh. Depois de conhecer melhor este elixir, nada como experimentar os seus benefícios antioxidantes e hidratantes num dos spas da cidade.

 Agadir: mar, história e cultura com sabor marroquino

Agadir oferece restaurantes de cozinha internacional, mas porquê contentar-se com um hamburger ou um prato de massa quando pode deliciar-se com iguarias marroquinas como o tagine de frango com mel ou as bolas de arroz com açafrão? E caso prefira o peixe, resista se puder a repetir o tamboril com confit de limão.

Das praias à herança berbere, passando pela gastronomia, estes são apenas alguns dos muito bons motivos para se deixar conquistar por Agadir, uma das novas rotas da TAP com estreia marcada para julho. Nem pense duas vezes e faça já a sua reserva.

Bolonha desde 41€