Perto de 170 mil pessoas visitaram a Estátua da Liberdade, em Nova Iorque, no mês de janeiro deste ano, um aumento de 18% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo reporta o The Telegraph. Em fevereiro de 2017, o aumento foi de 15% comparativamente com o mesmo mês em 2016. Por ano, recebe, em média, cerca de 4 milhões de visitantes.

A Estátua da Liberdade abriu ao público em 1886 e é um símbolo de liberdade, dando as boas-vindas aos imigrantes. O monumento tem sido usado como forma de protesto, em forma de cartoons e capas de revistas, após o decreto de Trump que impede a entrada de cidadãos de sete países muçulmanos nos Estados Unidos.

Se por um lado as visitas à Estátua têm aumentado, o mesmo não acontece com o turismo no país. Segundo a UN World Tourism Organization, as receitas neste setor sofreram uma queda de 185 milhões de dólares (174 milhões de euros).

Está previsto para 2019 a abertura do The Liberty Museum, que funcionará na base do monumento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.