O Museu da Estátua da Liberdade, que teve custo de 100 milhões de dólares e está localizado perto da base de "Lady Liberty", a famosa dama do porto nova-iorquino, abre as suas portas na quinta-feira.

A construção da estrutura de 2.400 metros quadrados, com paredes em vidro e bordas de cobre, começou em outubro de 2016.

Do terraço do novo edifício, os visitantes têm uma vista panorâmica do porto, como "na proa de um barco", comparou o desenhista do projeto, Cameron Ringness.

"Se subir tem esta vista incrível e uma nova perspectiva da estátua e do porto", acrescentou.

A Estátua da Liberdade é uma das atrações turísticas mais visitadas dos Estados Unidos: recebe anualmente 4,5 milhões de pessoas de todo o mundo.

A entrada do museu está incluída no preço do ingresso para o ferry que leva os visitantes para a Liberty Island a partir de Manhattan.

A peça central do museu é a imponente tocha original de Lady Liberty, que foi substituída por uma nova em 1986.

As exposições e os vídeos percorrem a história do emblemático monumento, projetado pelo escultor francês Frederic-Auguste Bartholdi e entregue como presente aos Estados Unidos em 1876 para comemorar o centenário da sua independência.

As apresentações multimédia permitem aos visitantes explorar os valores associados à estátua.

"Significa coisas diferentes para diferentes pessoas", disse Stephen Briganti, presidente e presidente executivo da fundação que dirige o novo museu, assim como o dedicado à imigração da vizinha ilha de Ellis.

"Mas continua significando coisas boas: democracia, liberdade, independência, inclusão", acrescentou. "Representa todas estas coisas e muitas mais"

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.