O aeroporto de Heathrow, em Londres, registou um movimento de 75.7 milhões de passageiros em 2016, à frente de Charles de Gaulle, em Paris, com 65.9 milhões, seguido de Schiphol, Amesterdão, com 63.6 milhões. Em quarto lugar surge Frankfurt, seguido do aeroporto de Ataturk, em Istambul.

Estes são os dados apresentados pela ACI Europe, a associação europeia dos aeroportos, que também revelou que este ano estabeleceu-se um novo recorde em viagens a partir de aeroportos europeus, com mais de dois mil milhões de passageiros.

Ao nível geral, o tráfego de passageiros em torno da Europa cresceu cerca de 5%, muito por culpa das companhias aéreas low-cost que foram as responsáveis por grande parte do tráfego aéreo.

Aliás, estas companhias de baixo custo contribuiram também para o aumento de tráfego em aeroportos secundários, como por exemplo, em Keflavik (Reykjavik, Islândia) que registou um aumento de 40,4%. O mesmo aconteceu em Berlim (+36,7%), Sofia (+21,8%), Bucareste (+18,3%) e Cracóvia (+18,1%).

Por outro lado, os aeroportos com maior crescimento em tráfego de passageiros estão na Europa Oriental, em cidades como Oradea, perto da fronteira com a Hungria, que assistiu a um crescimento na ordem dos 500%.

Fora da Europa, o mais movimentado para os passageiros internacionais em 2016 foi o Aeroporto do Dubai.

Veja também: As 20 companhias aéreas mais seguras para viajar em 2017

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.