O espanhol Aryz, o hispano-americano Axel Void, a dupla americana Hyland Matter & Mando Marie e o português Odeith são os artistas convidados da quarta edição do “Leiria, paredes com história: ARTE PÚBLICA”, que decorre entre 07 de setembro e 09 de outubro.

Durante um mês, estes artistas de 'street art' vão pintar quatro fachadas da cidade, num projeto que tem vindo a transformar Leiria numa galeria de arte urbana a céu aberto.

A primeira obra começa a desenhar-se no dia 07 de setembro numa das paredes do Orfeão de Leiria Conservatório de Artes.

“Apesar do contexto da pandemia, à partida, vamos conseguir manter o programa inicial, contando com os artistas que vêm de Espanha e dos Estados Unidos”, afirmou à agência Lusa o curador Ricardo Romero.

Além das quatro intervenções, que vão ser “espaçadas no tempo”, durante o mês estão também agendadas uma exposição e várias conversas sobre o tema da 'Street Art'.

“Nos outros anos tivemos mais exposições e o que foi em tempos um congresso que depois se transformou em conferências, este ano será um diálogo, com menos públicos”, acrescentou Ricardo Romero.

A exposição “Not from earth”, de Hatory Pablo, na M.gallery&studio, será inaugurada no dia 10 de setembro.

O diálogo na Casa da Cidade Criativa da Música tem como objetivo promover o diálogo urbano e de que forma a 'Street Art' interage com o espaço e a vida de quem vive a cidade.

A vertente artística do evento - intervenções e exposições - tem como objetivos principais a afirmação de Leiria como “galeria de arte” num novo cenário de turismo artístico/cultural de âmbito nacional e internacional, e reconhecimento desta como ponto de visita obrigatório no 'tour' de arte pública urbana, assim como potenciar a criação e divulgação da arte pública urbana, refere uma nota de imprensa enviada à Lusa.

A organização pretende ainda a afirmação e reconhecimento da identidade de Leiria através da representação e homenagem ao património histórico (edificado e natural), ao património imaterial e a figuras históricas leirienses.

“Salientamos que já estamos a trabalhar na quinta edição, que será o ‘fechar’ de um ciclo "Leiria, paredes com história".

O “Leiria, paredes com história: ARTE PÚBLICA” é um evento de arte pública, com organização da associação Riscas Vadias, em parceria com a Câmara Municipal de Leiria, e com a curadoria de Ricardo Romero| Matilha Studio.

Imagem de destaque: Facebook Arte Pública Leiria

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.