A cidade que nunca dorme parou por causa da pandemia de Covid-19. Milhares de nova-iorquinos cumprem o "lockdown" obrigatório, alargado pelo governador do estado, Andrew Cuomo, até 15 de maio. Nova Iorque é o estado norte-americano mais afetado pelo coronavírus.

A forma de passar mensagens de prevenção ao coronavírus e de agradecimento aos que estão a combater a doença na linha da frente não precisam de ser aborrecidas e cinzentas. A nova campanha de arte pública da Big Apple vem provar isso mesmo, com trabalhos gráficos carregados de criatividade.

Desenvolvida pelo projeto artístico Times Square Arts, em parceria com a Poster House, Print Magazine e For Freedoms, a nova campanha de arte pública de Nova Iorque propaga mensagens de gratidão, amor e união, bem como de comportamentos a adotar no combate ao coronavírus.

Muitos dos trabalhos que podem ser vistos nos placares luminosos de Times Square agradecem aos profissionais de saúde e dos serviços essenciais que estão na linha da frente.

"Milhares de nova-iorquinos vão trabalhar todos os dias para garantir o funcionamento da cidade, profissionais de saúde, trabalhadores da cidade, das equipas de desinfeção, mercearias, entregadores e muitos mais", pode ser lido no comunicado divulgado pela Times Square Arts.

Mensagens para ficar em casa, manter o distanciamento social, lavar as mãos e usar máscaras também fazem parte da campanha.

A primeira fase do projeto apresenta o trabalho de 20 designers. Percorra a galeria de fotos e descubra alguns.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.