Os desenhos, invisíveis do chão, são fruto de um projeto realizado por agricultores e crianças perto da cidade de Suncheon, a 320 quilómetros a sul de Seul.

Uma cegonha e uma joaninha também foram desenhadas para promover a agricultura responsável e sustentável, uma vez que o uso de produtos químicos teve um efeito devastador nas populações de insetos da região.

Para proteger estas obras de arte das aves que se alimentam dos grãos, foram instalados cerca de 500 espantalhos, vestidos com o traje tradicional coreano, o 'hanbok'.

O projeto levou meses para ser preparado, segundo explicou Hyun Young-soo, um agricultor dessa região de 63 anos.

"Os alunos do ensino primário e do secundário, membros de diferentes associações da região, comerciantes e muitos outros participaram desde a plantação até ao fim da colheita", completou.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.