Parece cenário de filme futurístico, mas será bem real. Em Londres, vai nascer uma piscina flutuante que irá unir dois prédios, a 35 metros de altura, sendo este um projeto a cargo das empresas EcoWorld e Ballymore. O conjunto residencial chama-se Embassy Gardens.

A Sky Pool, como já é conhecida, terá 25 metros de comprimento e será feita em material acrílico para garantir a transparência e oferecer uma vista privilegiada da cidade aos moradores deste complexo de luxo. O projeto também inclui o Sky Deck, sendo este um espaço com bar e spa na área da piscina, que fica no 10º andar, leva quase 400 toneladas de água e as paredes em acrílico têm mais de 20 centímetros de espessura.

Os apartamentos fazem parte de uma nova área diplomática da cidade, com a realocação de várias embaixadas para a região, sendo uma espécie de um novo bairro emergente com residências, empresas, turismo, lazer, restaurantes, jardins. A vista direta do Embassy Gardens será para a embaixada dos Estados Unidos e para as casas do Parlamento.

“À medida que o pensamento se desenvolvia, percebemos: a piscina deveria ser uma Sky Pool, algo transparente para que os nadadores pudessem ver o chão e as pessoas em baixo pudessem ver o céu”, escrevem os responsáveis da obra.

No final de agosto foram reveladas as primeiras imagens do projeto final, já em fase de conclusão, sendo inaugurado no verão de 2020.

Cada apartamento está avaliado desde os 850 mil euros até aos 5,5 milhões de euros, sendo este último o valor das penthouses. Os prédios também incluem uma sala de cinema particular, academia, piscina interna, lounge e outras instalações próprias. Nada mal, não é?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.