Nestas instalações, nasceram 19 filhos da realeza francesa, e viveram três rainhas e dois herdeiros nos 107 anos que passaram desde a instalação do rei Luís XIV neste palácio, situado em Paris, até a saída da família real durante a Revolução Francesa.

Em paralelo à sua reabertura, também serão inauguradas duas exposições dedicadas a Maria Antonieta, assim como à rainha esquecida Maria Leszczynska, mulher de Luís XV, e Madame de Maintenon, esposa morganática de Luís XIV.

Em Versalhes, quarto que foi de Maria Antonieta é reaberto ao público
A picture taken on April 9, 2019 shows the bed chamber of France's last queen Marie-Antoinette (1755-1793) at the Palace of Versailles, southwest of Paris, after its renovation. - The prestigious chambers of Marie-Antoinette at the Palace of Versailles will be again open to the public following three years of deep renovation. (Photo by FRANCOIS GUILLOT / AFP) créditos: AFP or licensors

Os quartos da rainha, junto à Galeria dos Espelhos, estavam encerrados desde janeiro de 2016, uma frustração para os oito milhões de visitantes anuais, atraídos especialmente pela figura de Maria Antonieta (1755-1793), a última soberana.

Agora, será possível ver no quarto da rainha o célebre busto de Maria Antonieta e a tela que mostra a soberana e  os seus três filhos ao lado de um berço vazio.

Para as obras, foram mobilizadas oficinas de carpintaria e de decoração, limparam-se os bronzes e uma empresa especializada trocou as sedas do Salão dos Nobres.

A Sala dos Guardas da Rainha recuperou a sua decoração Luís XIV de estilo hierático. A restauração permitiu fazer renascer o revestimento de mármores policromáticos.

Fonte: AFP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.