Quando visitamos uma cidade nem sempre temos a perceção dos problemas que mais afetam e preocupam os seus habitantes locais.

O trânsito, a falta de infraestruturas, a convivência entre vários grupos sociais ou excesso de turistas durante a época alta fazem parte da lista de queixas e preocupações dos habitantes locais de cinco cidades portuguesas, de acordo com a International Drivers Association.

Lisboa: o trânsito

Os residentes de Lisboa frequentemente expressam a sua frustração com o congestionamento do trânsito. Uma queixa aparentemente universal para a maioria das metrópoles, mas que em Lisboa, com as suas sete colinas, parece ficar ainda mais complicado. A falta de estacionamento também é uma queixa habitual.

Porto: os buracos

No Porto, as ruas esburacadas e a falta de lugares de estacionamento são queixas comuns. A infraestrutura rodoviária deficiente e as taxas de estacionamento elevadas também fazem parte da lista.

Faro: o verão

Em Faro, os problemas para os habitantes locais parecem aumentar com a chegada do verão. A falta de infraestruturas turísticas e a sobrelotação durante o verão é algo que deixa os habitantes da cidades descontentes, bem como a dificuldade em gerir o aumento sazonal do turismo.

Coimbra: os estudantes

Os residentes expressaram descontentamento com a constante caracterização da cidade centrada nos estudantes, apelando a um desenvolvimento mais abrangente. O ruído e a perturbação causados pelas atividades dos estudantes também é algo que chateia parte dos habitantes.

Braga: a preservação do património

Os residentes locais expressam frequentemente preocupação com o delicado equilíbrio entre a preservação do património e a adaptação às necessidades modernas em constante evolução.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.