A falta de visitantes no Parque Nacional de Yosemite fez com que os animais - incluindo linces-pardos, ursos e até coiotes - se aventurassem por locais que habitualmente não frequentavam. As autoridades do parque disseram que a maior mudança é o facto dos coiotes terem começado a sair durante o dia. O parque publicou uma foto onde é possível um coiote num estacionamento vazio.

"Um coiote relaxa no estacionamento vazio do Yosemite Valley Lodge", pode ler-se na legenda.

Os ursos negros do parque acabaram de sair da hibernação e estão à procura de comida, também começaram a explorar territórios que antes evitavam devido à presença de seres humanos.

Yosemite é o lar de cerca de 300 a 500 ursos pretos, e os guardas dizem que os avistamentos tornaram-se mais frequentes com a ausência de visitantes.

Além de coiotes e ursos, um lince foi também fotografados pelas autoridades do parque que explicam que estes animais não são vistos com frequência. No entanto, desde que o parque ficou sem visitantes, têm aparecido mais vezes, assim como as outras espécies.

O Parque Nacional de Yosemite está fechado para todos os visitantes desde 20 de março para ajudar a evitar a propagação do coronavírus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.