O ranking das melhores cidades para andar de bicicleta em 2017 avaliou vários fatores, como o acesso às bicicletas, o ambiente cultural durante os percursos, planeamento urbano, segurança de cada cidade e os programas que permitem a partilha destes veículos.

Este é o quarto ano consecutivo que a empresa de design urbano, Copenhagenize, lança este ranking numa avaliação a 136 cidades.

O top 5 é ocupado pelas seguintes melhores cidades:

1. Copenhaga, Dinamarca
A cidade foi alvo de um investimento de cerca de 134 milhões de euros em infraestruturas para o uso de bicicletas assim como passeios pedestres nos últimos dez anos. O estudo revela ainda que 62% dos cidadãos vai de bicicleta para o trabalho ou escola e apenas 9% se deslocam de carro.

copenhaga
Copenhaga créditos: Pixabay

2. Utrecht, Holanda
A cidade fez um compromisso para investir em urbanismo, criando facilidades para o uso da bicicleta, nos últimos anos, que inclui um plano para construir 33 mil pontos de estacionamento para bicicletas na Estação Central, com conclusão prevista até 2020.

Utrecht também tem a estrada mais longa do país para bicicletas, com seis quilómetros de comprimento. Além disso, a cidade colocou um radar de velocidade que permite aos ciclistas saberem quando devem acelerar ou abrandar até ao próximo sinal luminoso.

Utrecht, Holanda
Utrecht, Holanda créditos: Pixabay

3. Amesterdão, Holanda
O ranking indica que Amesterdão continua a ser uma das melhores cidades do mundo para ciclistas. No entanto, a cidade não tem evoluído muito em infraestruturas e por causa disso não ocupa o primeiro lugar do top.

amesterdão
Amesterdão, Holanda créditos: Pixabay

4. Estrasburgo, França
Estrasburgo acabou por ser uma referência para as cidades francesas, sendo a primeira no país a atingir os 16% no que diz respeito a programas de partilha de bicicletas dentro da comunidade. Além disso está a planear construir "autoestradas" e estradas secundárias, que irão dar acesso aos subúrbios e cidades vizinhas por parte dos ciclistas.

Estrasburgo, França
Estrasburgo, França créditos: Pixabay

5. Malmo, Suécia
A abertura da Cykelhuset (Casa da Bicicleta), um empreendimento destinado a permitir que os residentes possam viver sem carros com locais para acomodar as suas bicicletas dentro do edifício, foi uma das inovações da cidade.

Malmo, Suécia
Malmo, Suécia créditos: Pixabay


Conheça ainda o top 20:

1. Copenhaga, Dinamarca
2. Utrecht, Holanda
3. Amsterdão, Holanda
4. Estrasburgo, França
5. Malmö, Suécia
6. Bordeaux, França
7. Antuérpia, Bélgica
8. Ljubljana, Eslovénia
9. Tóquio, Japão
10. Berlim, Alemanha
11. Barcelona, Espanha
12. Viena, Áustria
13. Paris, França
14. Sevilha, Espanha
15. Munique, Alemanha
16. Nantes, França
17. Hamburgo, Alemanha
18. Helsínquia, Finlândia
19. Oslo, Noruega
20. Montreal, Quebec

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.