A Bloomberg Philanthropies anunciou esta semana as 50 cidades campeãs que representam as inovações urbanas mais ousadas do ano passado e que avançarão para a etapa final do Global Mayors Challenge de 2021, uma competição mundial de inovação que incentiva e dissemina as ideias mais promissoras das cidades.

O foco do programa deste ano é elevar as inovações públicas mais importantes geradas em resposta à pandemia global da COVID-19.

As 50 cidades nomeadas hoje representam 29 nações em 6 continentes e surgiram de um grupo altamente competitivo de cidades inscritas. Presidentes de câmara de 631 cidades em 99 países enviaram as suas ideias mais promissoras para apreciação, o que é quase duas vezes o número de cidades que se inscreveram no último desafio Bloomberg Philanthropies Mayors Challenge, realizado nos Estados Unidos em 2018.

Os finalistas foram classificados com base em quatro critérios: visão, potencial de impacto, viabilidade e transferibilidade.

As ideias oferecem um panorama poderoso das prioridades de inovação das cidades no mundo. Ao nível global, inovações mais comuns foram aquelas com foco na melhoria da saúde e na redução do desemprego. A justiça racial surgiu como a área de maior prioridade para as cidades dos EUA, enquanto a inclusão social sobressaiu nas cidades europeias inscritas.

Em África, onde o mundo está a passar pelas taxas mais rápidas de urbanização, a infraestrutura foi dominante. Quase metade das inscrições foi gerada em parte através de processos participativos com os cidadãos.

"Estas 50 finalistas estão a mostrar ao mundo que, diante dos enormes desafios da pandemia, as cidades estão a erguer-se para enfrentá-los com ideias ousadas, inovadoras e ambiciosas", disse Michael R. Bloomberg, fundador da Bloomberg LP e da Bloomberg Philanthropies e 108º presidente de câmara da cidade de Nova Iorque.

"Ao ajudar estas cidades a testar as suas ideias nos próximos meses, teremos a oportunidade de identificar políticas e programas inovadores que podem permitir que as cidades se reconstruam de maneira a tornarem-se mais fortes e saudáveis e mais igualitárias e justas."

Entre as 50 cidades campeãs do Global Mayors Challenge de 2021, destacamos as da Europa:

- Bilbao, Espanha: Construção de uma cidade com segurança cibernética e cidadania

- Glasgow, Reino Unido: Lançar uma abordagem participativa ao nível de bairro para o bem-estar da comunidade

- Istambul, Turquia: Criar uma plataforma para filantropia individual à escala municipal

- Leuven, Bélgica: Utilizar "contratos cívicos" para orientar ações climáticas individuais e organizacionais

- Londres, Reino Unido: Implementar intervenções rápidas e a montante para evitar a falta de moradia crónica

- Paris, França: Oferecer educação gratuita sobre ativismo climático a jovens parisienses

- Roterdão, Países Baixos: Utilizar tokens digitais para estimular o impacto social do setor privado

- Vilnius, Lituânia: Construir um modelo resiliente pós-COVID para a aprendizagem híbrida.

As 50 cidades finalistas entrarão agora numa fase de testes de quatro meses para refinar as suas ideias com a assistência técnica da Bloomberg Philanthropies e sua rede de especialistas líderes em inovação.

Quinze das 50 cidades, no fim, ganharão o grande prémio, e cada uma receberá 1 milhão de dólares, e uma robusta assistência técnica plurianual para implementar e ampliar as suas ideias.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.