O que esperar de uma refeição a bordo durante um voo em classe económica? Talvez uma sandes leve e fresca, que não contrarie o efeito do comprimido para o enjoo. Ou, quem sabe, um prato quente reconfortante, que faça esquecer aquele medo de voar, e que só achava possível comer em casa ou no seu restaurante de eleição.

É certo que a pressão do ar faz com que as papilas gustativas e o olfato adormeçam, causando impacto no modo como os alimentos sabem e cheiram e nem sempre o conteúdo do tabuleiro corresponde às expetativas. Mas não tem de ser assim.

tap novos menus_2

Os sabores nacionais pelo mundo

A TAP acaba de lançar uma nova carta para a classe económica em voos de médio curso até três horas. Frescura, sabor, variedade e saúde são os trunfos desta oferta, em que brilham alimentos e iguarias nacionais vindos diretamente do produtor para o seu tabuleiro. Esperam-no diversas combinações de pratos, que a companhia aérea selecionou depois de escutar clientes, tripulantes e colaboradores.

A cada voo seu menu

Estruturados em conjunto com especialistas em nutrição, os menus variam consoante a hora e a duração do voo. Croissants, pastéis de feijão e de grão, queijadas de cenoura e pasteis de nata são as estrelas do pequeno-almoço nos voos mais curtos, como a Ponte Aérea ou Madrid. Se viajar à tarde, terá à espera um leque de queijos nacionais. No verão, poderá ainda deliciar-se com refrescantes e saborosos gelados. Já nos voos de média duração (Madeira, Açores ou Norte de África), o pequeno-almoço oferece combinações de fruta e vegetais, frutos secos, bolachas de cereais, queijos portugueses, gressinos com diferentes pastas, sandes e pastelaria nacional. Durante a tarde, o destaque vai para wraps acompanhados de queijos.

tap novos menus_3

Caso o seu voo seja de maior duração - para Londres ou Milão, por exemplo – o convite é para um pequeno-almoço, em que não vão faltar sandes variadas de pão de malte ou multicereais, queijos, fiambre de aves e, para fechar em beleza, delícias da pastelaria nacional. Já à tarde, estes voos mais longos propõem seis diferentes tipos de wraps, de frango ou atum, feitos com massa de tomate ou espinafres, e recheados de cogumelos, ovo, beringela ou queijo. O menu inclui ainda opções vegetarianas.

Agora que já lhe abrimos o apetite, prepare-se para ver as refeições com outros olhos. Acredite, é de provar e voar por mais!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.