O menu executivo do Luz, o restaurante do Hotel Iberostar Lisboa, custa 17 euros. Inclui couvert, prato principal (muda diariamente), sobremesa, um copo de vinho (ou refrigerante ou água) e café. Jorge Fernandes, o Chef Executivo, garante-nos que tem aqui liberdade de trabalhar ingredientes de excelência e consegue dar-lhes uma apresentação inovadora. O seu trabalho destaca-se pelas criações, com uma confecção e apresentação diferente, em que são desconstruídos formatos.

Restaurante Luz
créditos: Elsa Furtado| Canela & Hortelã

Fomos provar alguns dos pratos na nova carta. Tínhamos à disposição um couvert composto por manteiga de cebola, manteiga de farinheira, azeite balsâmico, azeitonas matinadas em limão e um conjunto de pães de azeitona; trigo e noz; cebola.

De entrada, foi servido um Miolo de Vieira em manteiga de avelã com um cremoso de batata doce e legumes biológicos. É um prato doce, e muito agradável, que ganha equilíbrio com a espuma de gengibre. Acompanhamos com um vinho Terras de Santo António, fresco.

Seguiu-se um Risotto de Lavagante com Molho Gengibre, que incluiu também uma posta de salmonete, ervilhas tortas e um crocante de tinta de choco. Tanto de apresentação como de sabor, o prato estava excepcional.

Risotto de Lavagante
créditos: António Silva| Canela & Hortelã

Um tira gosto do sorbet de manjericão, com sangria de frutos vermelhos foi o nosso voltar de página para o prato de carne. O chef preparou-nos Borrego em crosta provençal, batata com amêndoa, esparregado de salsa e pera bêbeda. Uma combinação curiosa de acompanhamentos que fizeram sobressair o sabor genuíno desta carne.

Para sobremesa, a dieta não foi poupada. Tivemos acesso a uma seleção de sabores portugueses de conforto, com a configuração de uma obra de arte, que fazem parte da carta das sobremesas: Pudim Abade Priscos, Pera Bêbeda e Requeijão com Abóbora sobre cama de espinafres.

Restaurante Luz
créditos: Elsa Furtado| Canela & Hortelã

O restaurante tem capacidade para 150 pessoas e há possibilidade de fazer a refeição no exterior, junto à piscina. Disponibiliza uma oferta gastronómica pensada para os hóspedes nacionais e internacionais, assim como para os clientes locais. Quem vem de fora, encontra à mesa, uma experiência mais intensa e completa da capital portuguesa, baseada nos produtos e na culinária local. Os locais garantem um lugar de referência da cultura gastronómica típica.

O Chef Executivo do Iberostar Lisboa, acaba de ser considerado um dos melhores de Portugal, depois de arrecadar o terceiro lugar no prestigiado concurso Chefe Cozinheiro do Ano na Final Nacional e de vencer a etapa especial dedicada ao bacalhau na Noruega. Podemos adiantar que há pratos de bacalhau na ementa!

O Restaurante Luz abre todos os dias, das 12h30 às 15h30 e das 19h00 às 22h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.