Nicholson faz uma variedade de massas ao estilo arco-íris, a partir do zero, recorrendo a ingredientes à base de vegetais para tingir a massa num espetro de tons não convencionais.

O resultado, juntamente com o talento de Nicholson para os padrões, é uma massa que parece boa demais para se comer. Além disso, estão muito bem decorada e é tão vibrante que mais parece uma obra de arte.

Mas como é que consegue fazer uma massa tão colorida? Graças às cores que encontra na natureza: flores da ervilha-borboleta dão à massa um tom azul, enquanto a beterraba a torna roxa. O açafrão-da-terra e a salsa fazem com que as pastas fiquem amarelas e verdes. Para criar uma coleção de padrões mais complexos, ela usa ferramentas especiais, algumas das quais ela própria desenvolveu.

Se quiser saber mais, Nicholson lançará o livro de receitas Pasta, Pretty Please, que será publicado em outubro de 2018. No livro encontrará 25 receitas e 33 técnicas de modelagem tradicionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.