A estátua de Cristo com os braços estendidos com vista para a cidade, no morro do Corcovado, foi decisiva na escolha para o título que tinha sido proposto em julho de 2012 pela Unesco.

Este é o primeiro título atribuído a uma paisagem cultural e urbana. Anteriormente já tinham sido atribuídos a jardins históricos ou sistemas agrícolas tradicionais, mas nunca a uma cidade.

Ao longo dos quatros anos, as autoridades brasileiras tiveram de fazer um relatório detalhado, explicando como heranças como o Parque do Flamengo, Pão de Açúcar, Corcovado, praia de Copacabana, Jardim Botânico e Floresta da Tijuca serão protegidas.

O arcebispo do Rio, Dom Orani João Pestana, lançou a campanha "Amigos do Cristo Redentor", com o objetivo de angariar fundos para continuar a implementar medidas necessárias à conservação do monumento.

Atualmente são necessários mais de três milhões de reais (849 mil euros) para as despesas fixas.

O Pão de Açúcar é visitado anualmente por cerca de três milhões de turistas e em 2017 será alvo de reparações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.