O "Backpacker Index" 2016 já está escolhido. Este ranking leva em conta os preços das dormidas num hostel bom e barato, o preço de três refeições económicas, duas viagens em transportes públicos, uma visita a uma atração cultural e três cervejas, porque também há lugar à descontração. Conclusão: não é preciso muito dinheiro para conhecer locais incríveis.

A Ásia domina os destinos mais baratos, de acordo com os critérios analisados, mas é também onde ficam as cidades mais caras como Tóquio ou Singapura.

Pokhara, no Nepal, é o destino mais barato – gasta-se, em média, 14 euros por dia – e Zurique, na Suíça, é o mais caro - o gasto médio diário é de 106 euros.

Veja na galeria acima os dez destinos mais baratos e consulte aqui a lista completa com 136 destinos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.