De acordo com uma análise realizada pela momondo.pt, os destinos de Páscoa preferidos dos portugueses estão 9% mais caros em 2018. Nos últimos três anos, as preferências dos portugueses mantiveram-se inalteradas. Londres, Paris e Amesterdão ocupam regularmente o topo das preferências.

Os portugueses também gostam de ir para fora, cá dentro: Porto e Lisboa estão entre os destinos mais procurados, bem como Ponta Delgada e o Funchal, cujo preço das viagens aumentou 88% este ano.

Os destinos de Páscoa mais populares em 2018:

1. Paris
2. Londres
3. Amesterdão
4. Barcelona
5. Ponta Delgada
6. Porto
7. Roma
8. Funchal
9. Madrid
10. Lisboa

Nas tendências de destinos de viagem na Páscoa, este ano Budapeste é o destino mais em voga: foi a cidade que observou o maior aumento de pesquisas de voos, logo seguida por Paris.

Estes são os destinos de Páscoa mais pesquisados em 2018 pelos portugueses:

1. Budapeste
2. Paris
3. Funchal
4. Luxemburgo
5. Madrid
6. Milão
7. Amesterdão
8. Barcelona
9. Lisboa
10. Roma

Os portugueses vão aproveitar ao máximo os feriados: o dia de partida preferido para uma escapadinha de Páscoa é quinta-feira, 29 de março, e o de regresso é o dia 2 de abril.

Os preços a partir de Faro continuam a ser os mais elevados, e mantém-se a tendência dos últimos anos: os viajantes que partem de Faro são os que pagam mais para viajar até aos seus destinos preferidos, cerca de 22% mais do que os que partem de Lisboa.

De acordo com Fábio Pereira, responsável da momondo para o mercado português: «A Páscoa é uma época importante para muitos portugueses. É a primeira oportunidade no ano de gozar um fim de semana prolongado e passar tempo com família e amigos. Os nossos dados indicam que, nos últimos 3 anos, muitos portugueses aproveitaram esta época para visitar outras cidades, mas demonstram uma preferência clara por destinos próximos: só 6% dos viajantes escolheu destinos fora da Europa".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.