Em comunicado, a chefe de Governo indicou que a saída do país da União Europeia (UE) – opção escolhida pelos britânicos no referendo de 23 de junho – vai criar “oportunidades reais de crescimento” na indústria do turismo.

“A decisão dos britânicos de abandonar a UE vai criar oportunidades reais para o crescimento, [pelo que] trabalharemos em estreita colaboração com a indústria para garantir que continuará a prosperar enquanto avançam as negociações do ‘Brexit’”, disse a líder.

Até ao momento foram anunciados sete novos projetos para impulsionar o turismo, cinco dos quais situados no sul de Inglaterra. Apenas um dos projetos aprovados até agora vai desenvolver-se no norte do país.

Segundo a primeira-ministra britânica, a relevância do setor do turismo vai ser maior depois de o Reino Unido abandonar o bloco.

Theresa May acrescentou que as iniciativas em causa visam fazer com que seja mais fácil para o turista visitar mais do que Londres e experimentar todas as atrações que o Reino Unido tem para oferecer.

Veja também: Os locais mais visitados de Londres

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.