O festival, promovido pela Câmara de Beja, decorre no centro histórico, com a Praça da República como epicentro das atividades.

“É na Praça da República, local onde se situava o fórum romano e onde estão identificados dois templos romanos, um dos quais o maior e mais monumental descoberto até hoje em território português, que acontece o grande bulício desta recriação”, realçou hoje o município.

A Beja Romana, que vai na 3.ª edição, tem este ano como tema “O Triunfo do General”, recuando a cidade ao século I antes de Cristo (a.C.), quando o general Quinto Sertório “celebrou triunfante as suas vitórias sobre os territórios da Lusitânia na cidade à qual Júlio César viria a dar o nome de Pax Julia (hoje Beja)”.

“Este general fez-se acompanhar de uma multidão de colonos e escravos, fazendo-se receber de forma triunfal” na cidade, explicou a câmara, referindo tratar-se do acontecimento que, até domingo, vai ser recriado.

O cortejo de abertura da festa, hoje de manhã, contou com cerca de 700 figurantes, entre alunos das escolas e habitantes que, por sua iniciativa, quiseram participar.

Na Praça da República e zonas envolventes está montado um acampamento para recrear o quotidiano da época romana e onde se podem encontrar diversas atividades, como música, dança, rituais de purificação, rábulas ou contos.

O mercado romano, cujo número de participantes este ano “duplicou”, abre durante a tarde de hoje, com uma arruada de grupos musicais e malabarismo e com pastores com bombos e flautas, que vão percorrer o centro histórico.

Exposições vivas, falcoaria, vários cortejos, espetáculos de fogo, gladiadores ou veneração aos deuses são outros dos “ingredientes” do festival, que inclui a representação de diversas peças teatrais.

A 3.ª edição do evento integra ainda o 1.º concurso de fotografia “III Beja Romana – Património e Vivências de Pax Julia”.

O objetivo é “divulgar e sensibilizar para a importância do mundo romano expressa na grandeza e imponência de Pax Julia e no contributo para o património histórico da cidade de Beja, incentivando a sua fruição e preservação, através do registo fotográfico”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.