As cidades com excesso de turistas estão a começar a implementar políticas que visam mitigar os efeitos do turismo em massa, mas há igualmente pressão para que os turistas assumam parte da responsabilidade.

Deixo em baixo 6 coisas que podem fazer para reduzir o impacto negativo do turismo nos destinos que visitam.

1. PENSEM EM ALTERNATIVAS

Em vez de escolher sempre as capitais e cidades principais, considerem visitar algumas das cidades secundárias que podem ser igualmente belas e interessantes.

Isso provavelmente melhorará a vossa experiência de férias, porque, para além de ter menos visitantes, os destinos menos conhecidos tendem também a ser mais baratos.

2. SEJAM RESPEITOSOS

Onde quer que vão, respeitem as leis locais, respeitem os costumes locais e vistam-se adequadamente. Não sujem nem vandalizem os monumentos. Dêem aos moradores uma coisa a menos para reclamar.

3. COMPREM PRODUTOS LOCAIS

Quanto mais turística é uma cidade, maior é a quantidade de lojas locais que fecham para dar lugar a lojas de souvenirs. Isto prejudica o comercio local. Os turistas podem evitar comprar lembranças baratas (que provavelmente foram importadas do exterior) e, em vez disso, gastar o seu dinheiro em produtos regionais de lojas locais.

4. VIAJEM COM MALAS PEQUENAS SE PRETENDEREM ANDAR DE TRANSPORTES PÚBLICOS

A maioria dos transportes públicos não está preparado para transportar bagagens. Malas grandes incomodam os habitantes locais que têm de apanhar o comboio ou o metro para ir trabalhar ou estudar.

5. REDUZAM O LIXO PLÁSTICO

O lixo plástico é uma praga no planeta. Portanto, tentem não adicioná-lo quando estiverem de férias. Usem garrafas de água que podem ser reabastecidas em vez de comprar uma nova garrafa de plástico de cada vez que precisarem de beber.

6. SEJAM EDUCADOS

Aprendam algumas palavras básicas na língua do país que visitam como “Bom dia”, “Obrigada” e “Por favor” . A boa educação é sempre apreciada e ajuda a criar empatia com os habitantes locais.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.