Estes sete passos podem ajudar-nos a evitar que isso aconteça.

1. Escolha o meio de transporte mais adequado

Hoje em dia, aplicações, como My Climate, ajudam-nos a calcular a nossa pegada de carbono - cálculo das emissões de CO2 que todos os dias, através das nossas actividades e rotinas habituais, produzimos e libertamos para a atmosfera, contribuindo assim para o efeito de estufa e para o aquecimento global.

Uma das maneiras mais ecologicamente correctas de viajar é tentar apanhar, sempre que possível, um voo directo ou então optar por voar em aviões com maior eficiência energética para reduzir ao mínimo a pegada de carbono (pode encontrar mais informação sobre este assunto aqui).

2. Opte por acomodações ecológicas

Este tipo de acomodação, regra geral, é certificado pelo Conselho Global de Turismo Sustentável. São alojamentos construídos com materiais reciclados, usam energia renovável e possuem um sistema eficaz de tratamento de resíduos.

3. Apoie o crescimento económico local

Tente visitar áreas onde as pessoas locais têm o poder de administrar as suas próprias terras e recursos naturais. Nestas zonas a chegada de turistas pode ter um impacto positivo e beneficiar directamente a economia local através das transacções comerciais que ocorrem entre os turistas e as populações indígenas.

4. Tome cuidado na escolha de lembranças

Não se deixe tentar por uma escultura em marfim ou pulseiras feitas de coral. Pense duas vezes antes de comprar. Pergunte o que é, como foi feito e de onde veio. Só porque os produtos são vendidos isso não significa que eles são legais. Alguns artigos como jóias e esculturas são resultado de caçadas ilegais e feitos a partir de espécies protegidas ou ameaçadas. São negociados à margem da lei.

5. Seja consciente no uso de plástico

Todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas de plástico acabam no mar, perturbando os ecossistemas e colocando em perigo os animais marinhos. Minimize a quantidade de lixo plástico utilizando garrafas de água e sacos reutilizáveis. Não use palhinhas, copos ou pratos de plástico.

5 comportamentos horríveis em viagem (e que não parecem assim tão maus)
5 comportamentos horríveis em viagem (e que não parecem assim tão maus)
Ver artigo

6. Olhe, mas não toque

Não é aconselhável alimentar, tocar ou brincar com os animais selvagens quando visitamos parques naturais. Basta ver e não tocar. Não visite locais que possam explorar animais.

7. Escolha o protetor solar com cuidado

Alguns protectores solares contêm substâncias químicas nocivas que podem causar o branqueamento de corais e a sua morte. Antes de mergulhar no mar, certifique-se que está a usar produtos de protecção solar ecologicamente biodegradáveis.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.