A empresa que detém o eco-resort está insolvente, o que levou o espaço a ir a leilão. No entanto, a menos de 10 dias de terminar o prazo, o Zmar Eco Camping recebeu apenas uma licitação de 2.599.461 euros, um valor muito abaixo dos 3.249.326 euros. Segundo o Dinheiro Vivo, o que está em processo de venda é a participação social da Cravex de 56,6% na Multiparques a Céu Aberto, Campismo e Caravanismo em Parques.

O espaço tem 81 hectares, capacidade para 1572 pessoas distribuídas por um eco-hotel (bungalows de tipologias T1 a T3) e um parque de 90 metros quadrados para tendas e caravanas. Dispõe também de parque aquático (piscinas coberta e descoberta), restaurante, bar, supermercado, balneários e copa comunitária. Tem ainda uma zona desportiva, com polidesportivo, ginásio e zona de aventura, além de um parque de diversões, quinta pedagógica e centro de interpretação ambiental.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.