Edifícios emblemáticos do centro histórico valenciano estão já em fase final de obra, ou a iniciar o processo de reconversão para acolherem novas unidades de alojamento turístico.

Estas 10 novas unidades, na Fortaleza, juntam-se a um pacote de várias, em processo de licenciamento, por todo o concelho, que vão reforçar a capacidade de oferta de alojamento em Valença que atualmente se situa já nas 51 unidades.

A requalificação integral do espaço urbano da Fortaleza, já em fase final, proporciona um centro histórico completamente infra-estruturado e com as ruas, pracetas e áreas verdes renovadas. Condições que tem, também, contribuído para esta nova dinâmica da Fortaleza de Valença e estão a proporcionar novos fatores de atratividade ao investimento privado nas áreas hoteleiras, restauração, comércio e alojamento.

A Fortaleza de Valença é um dos monumentos mais visitados de Portugal, ultrapassando, por ano, a cifra de 2 milhões de turistas. O património edificado e o emblemático comércio tradicional são um chamariz.

Mais de 8 mil peregrinos para Santiago em 2018

Os Caminhos de Santiago vivem um aumento exponencial em Valença. O número de peregrinos em 2018 situou-se nos 81652, percorrendo o Caminho Português e a variante do Caminho Português da Costa. Um número que crescerá, ainda mais, nos próximos anos. A estes dois percursos junta-se o Caminho de Fátima, que começa em Valença e é a mais recente aposta de Portugal no turismo religioso.

Fonte: Município de Valença 

Foto: Contramapa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.