Paper free? Mas o que é que isto significa? Que o hotel não utiliza papel? Sim, naquilo que é possível, o Vila Galé Porto Ribeira, na zona ribeirinha do Porto, substitui o papel por soluções mobile com recurso a tablets, smartphones e às televisões dos quartos. Mas não pense que, por isso, vai encontrar um espaço futurista e automatizado. Vai encontrar um hotel de charme onde a arte é o tema dominante e a tecnologia a principal ferramenta.

A partir da rua, vemos um edifício de traça antiga renovado em harmonia com o meio envolvente, sem vontade de se impor ou de sobressair. Discreto, o novo hotel do grupo Vila Galé chama a atenção de quem passa pelo Cais das Pedras devido à esplanada - não estivesse ela tão bem localizada junto ao rio. Quando observamos melhor, descobrimos que o hotel é o resultado da reabilitação de quatro imóveis no famoso Cais das Pedras.

A esplanada da nova unidade hoteleira do Vila Galé é um convite para quem por ali passa. Em dias de sol, como o dia em que visitámos o hotel, sentimos vontade de nos sentar a desfrutar da paisagem, independentemente de estarmos hospedados ou não no hotel.

Ao entrarmos, percebemos que se trata de um lugar sem complicações. Afinal, é no lobby onde quase tudo acontece. É aí onde se faz o check-in, toma-se o pequeno almoço ou uma refeição ligeira. No mesmo espaço, também se encontra o bar e o lounge Almada Negreiros para momentos de descontração. Depois há esplanada, um pátio interior e os quartos.

As paredes do lobby revelam a temática que o hotel explora: a pintura. Aqui há pintores portugueses representados: José Almada Negreiros, Paula Rego, José Malhoa, Columbano Bordalo Pinheiro, Júlio Resende, entre outros, que vale a pena observar, seja para recordar ou conhecer.

Fazemos o check-in, ansiosos para ir descobrir os quartos. Para o check-in não há um balcão. Há uma secretária onde nos sentamos com um dos colaboradores do hotel, que preenche uma ficha num tablet com os nossos dados. No final, o documento não é impresso. Confirmamos o check-in com uma rubrica no tablet - mais um exemplo do conceito paper free, neste momento, ainda único em Portugal, só utilizado por este hotel. A receção do Porto Ribeira funciona 24 horas.

Recebemos o cartão-chave para o nosso quarto e seguimos. Espreitamos para o pátio interior com a certeza de que, depois de jantar, se nos apetecer relaxar num lugar calmo e se o tempo permitir, será para lá que vamos.

Vila Galé Porto Ribeira
Um dos quartos do hotel créditos: Vila Galé

Dos 67 quartos que compõem este hotel de quatro estrelas, 14 têm vista para o rio Douro. Nos corredores de cada piso há explicações dos diferentes estilos das artes plásticas. E em cada quarto, um quadro famoso de um pintor, que tanto pode ser um Michelangelo, Monet, como Frida Kahlo ou Cézanne, entre tantos outros.

Na parede do meu quarto encontrava-se o “Retrato de Adolfo Best Maugar”, de Diego Rivera, pintor que conhecia apenas de nome e que, depois de dormir neste quarto, decidi saber mais e conhecer a sua história.

O quadro de Diego Rivera ocupava a parede toda por trás da cama. Ao lado da cama, duas mesas de cabeceira: uma delas vazia e a outra apenas com uma caneta pequena e telefone. Foi preciso procurar por um bloco de notas - normalmente, há sempre um pequenino nos quartos de hotéis -, para me lembrar que o hotel é paper free. A verdade é que não sentimos assim tanta falta de papel. Nem mesmo o bloco de notas era importante (acabei por utilizar o meu smartphone).

Ao contrário do que acontece na maioria dos hotéis, a informação nos quartos é apresentada através da televisão num portal com conteúdos exclusivos. Na comodidade da cama e com o comando, sem estarmos curvados a folhear uma lista muitas vezes a preto a branco, conseguimos consultar as sugestões e serviços do hotel. As ementas encontram-se disponíveis online e podem ser consultadas através do smartphone ou de um tablet disponibilizado pelo hotel no lounge.

Vila Galé Porto Ribeira
O tablet disponibilizado no hotel créditos: Alice Barcellos

O hotel é recomendado para casais ou viajantes a solo que procuram fazer uma escapada ou city break, mas também para empresários que viajam em trabalho. O bar do lounge Almada Negreiros, que fica junto à receção, funciona das 11h00 às 00h00 e inclui a esplanada junto ao rio e o pátio interior.

No bar é possível fazer refeições ligeiras que não deixam de ser deliciosas. A carta com snacks - sanduíches, tostas, wraps, saladas, tábuas de queijo e enchidos - conta com a assinatura do chef executivo da Vila Galé, Francisco Ferreira. Existe ainda uma carta de bebidas com gins, vinhos, licores, whiskies, cervejas e cocktails. O bar encontra-se aberto ao público em geral e, é possível, no fim de semana existir música ao vivo.

Com uma localização privilegiada, em frente ao Douro, encontra a pé diferentes atrações, como o museu interativo World of Discoveries, o Museu do Vinho do Porto e a Alfândega, além de estar a 5 minutos a pé da Ribeira do Porto. Para quem procura experiências diferentes, até porque ali passa o eléctrico e há um heliporto bem próximo, vale um passeio por carris até à Foz ou um voo de helicóptero para uma vista incrível do Porto.


Informações:

Vila Galé Porto Ribeira

Morada: Cais das Pedras 17 a 22 - Lordelo do Ouro e Massarelos, 4050-465 Porto

Telefone: (+351) 225 431 200

Fax: (+351) 225 431 229

E-mail: ribeira.reservas@vilagale.com

O SAPO Viagens visitou o hotel a convite do grupo Vila Galé

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.