A cerca de 9 quilómetros de Póvoa do Lanhoso, no meio da natureza, encontramos o DiverLanhoso, conhecido por ser o Melhor Parque de Aventura da Península Ibérica. O parque oferece mais de 50 atividades de aventura, alojamento em casas de madeira, glamping em casa suspensa e um restaurante com uma vista deslumbrante e que nos recebe com o melhor dos sabores regionais.

Atividades

As atividades do DiverLanhoso estão agrupadas segundo os quatro elementos - Água, Terra, Ar e Fogo - e vão desde canoagem e caminhadas aquáticas, até escalada, via ferrata e golfe de montanha, passando por rappel, slide e salto negativo e atividades como tiro ao alvo e paintball. Seja para os viciados em adrenalina ou para quem apenas quer desfrutar da natureza, o DiverLanhoso tem opções para todos.

Assim que chegámos ao parque, após deixar as malas na casa onde ficaríamos alojados, partimos para a primeira atividade: o Circuito de 38 Pontes Suspensas. Ao longo de 38 pontes diferentes, que iam desde troncos ordenados até simples arames que nos faziam sentir, literalmente na corda bamba, tivemos oportunidade de desfrutar da natureza do espaço. Enquanto passávamos por pequenos túneis ou subíamos a rochedos, a metros e metros de altura, éramos desafiados constantemente enquanto desfrutávamos das maravilhosas paisagens sobre vales e montanhas.

Ao longo de todo o percurso - feito mais lentamente do que seria de esperar - fomos acompanhados por um monitor do parque que fez todo o percurso ao nosso lado, a incentivar, ajudar e pronto para nos resgatar caso caíssemos das pontes e ficássemos pendurados pela "linha de vida".

Após o longo percurso, seguiu-se a atividade seguinte: o Slide. Durante poucos segundos, deslizamos por um cabo de aço, vale abaixo, no meio das montanhas, a 65 km/h. Existem três formas diferentes de fazer esta atividade: para além da clássica descida na posição sentada, é possível fazer a descida acompanhado (Slide Bi-lugar) ou à Super-homem (exatamente como o super-herói voa nos céus). Para uma experiência totalmente diferente, é possível fazê-la de noite.

A parte com mais adrenalina, viria a seguir com o Salto de Pêndulo, onde objetivo é ter a coragem de cair e sentir o pico de adrenalina a correr pelo corpo todo. Depois, o movimento do pêndulo repete-se durante alguns momentos, até perder intensidade. Nesse momento, o instrutor baixa-nos até tocarmos em terra firme. É possível fazer este salto na vertical, ao contrário (Pêndulo Invertido) ou então preso pelas costas.

Se no salto de pêndulo tínhamos de cair, no Salto Invertido somos lançados a 14 metros de altura, em milésimos de segundos. É o único Salto Negativo natural e permanente em Portugal, com vista para uma paisagem de cortar a respiração e ancoragem em duas árvores, para um maior enquadramento com a natureza. Também a localização da atividade foi estrategicamente pensada para que seja possível desfrutar de uma vista incrível sobre o vale, durante a atividade.

DiverLanhoso
Tiro ao Alvo créditos: Susana Sousa Ribeiro

No dia seguinte, optamos por atividades mais relaxantes. Começamos o dia com Tiro ao Alvo, com três armas: Pressão de Ar, Arco e Fisga. A Zarabatana era uma das opções mas, devido à situação de pandemia que ainda se vive, não está a ser utilizada. Durante grande parte da manhã estivemos assim a testar a perícia e mira, numa atividade divertida que desenvolve fortemente as capacidades de concentração.

A última atividade em que participamos foi numa divertida Caça ao Tesouro, com códigos secretos, charadas e mensagens codificadas que tivemos de desvendar para conseguir decifrar o mapa do tesouro. Percorremos o parque inteiro, a seguir as pistas e a apontar as soluções das charadas. No final, conseguimos encontrar a chave para abrir o baú do tesouro.

Alojamento

O DiverLanhoso disponibiliza várias opções de alojamento, com 9 chalés de montanha, glamping, camaratas e da zona de acantonamento. Ficamos na Casa Lagarto, um chalé de madeira com cozinha, dois quartos e uma sala confortável onde tivemos oportunidade de relaxar, ao fim do dia, junto à salamandras a pellets. De manhã acordamos com vistas para a natureza circundante. Um verdadeiro refúgio de montanha.

Restaurante

O DiverLanhoso não é apenas um espaço para quem gosta de aventura e natureza. É também um espaço para quem gosta de comer bem. O Restaurante Panorâmico oferece a simbiose entre os odores e sabores da cozinha regional.

Restaurante Panorâmico

Os pratos são todos deliciosos, com sabores tradicionais a serem reinventados de forma divina. As doses são extremamente generosas, então prepare-se para comer bem e ainda pedir para levar para casa.

Além de pratos que são verdadeiros manjares dos deuses, o Restaurante Panorâmico tem outro ponto alto: uma vista de cortar a respiração onde é possível aproveitar o melhor da natureza ao redor. O restaurante foi construído a partir de troncos de madeira e está localizado no ponto mais alto do parque.

DirverLanhoso
Vista da Varanda do Restaurante créditos: Susana Sousa Ribeiro

Seja para testar os seus limites com saltos radicais, para desfrutar da natureza ao longo de várias pontes, para aprender uma atividade nova, como andar de canoa, ou para se divertir com os amigos numa caça ao tesouro, o DiverLanhoso tem opções para todos os gostos. Para se divertir, para fazer atividade física, para relaxar e para comer bem, tudo no mesmo local, num pequeno recanto encantado no meio da natureza.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.