O Parque Termal do Peso, onde funciona a Estância Termal de Melgaço, tem uma longa história. Iniciou o seu funcionamento comercial na segunda metade do século XIX, quando as propriedades terapêuticas das águas foram descobertas. Em 1885 engarrafaram-se as primeiras águas e, quatro anos depois, foi aprovada a licença para a sua aplicação terapêutica. Do Parque Termal fazem parque as duas nascentes, a Buvete, o Balneário e a Oficina de Engarrafamento. À frente das instalações, há um belo jardim banhado pela ribeira da Bouça Nova, dando ao lugar um espírito bucólico, onde podemos relaxar.

Aproveitando esta beleza natural, o património arquitetónico e a qualidade das águas, a Estância Termal de Melgaço foi alvo de uma requalificação completa e encontra-se desde 2013 aberta ao público com novos equipamentos. Desde julho deste ano, há uma nova gestão das termas e uma nova estratégia: "vida em pleno". O objetivo é atrair novos visitantes, nacionais e internacionais, e de todas as idades, de forma a devolver as termas ao esplendor de outrora.

Além do tratamento de patologias específicas, as Termas de Melgaço oferecem agora tratamentos focados no bem-estar, na estética, beleza e relaxamento, tais como diferentes tipos de massagem, tratamentos de beleza e faciais. A estância terá também disponíveis rastreios de colesterol, glicose, tensão arterial, triglicerídeos, entre outros. Mesoterapia, Pilates, Fisioterapia, Reiki e Zumba são algumas das atividades de lazer e terapêuticas disponíveis.

As Termas de Melgaço estão abertas todos os dias, entre as 09h30 e as 19h30 ao público em geral. O espaço, pelo seu esplendor e beleza, está disponível para reservas de eventos.

Para o futuro, está planeada também a recuperação do Hotel do Peso, hoje uma ruína nostálgica que lembra outros tempos. A unidade hoteleira complementará a oferta da estância termal e será um hotel-boutique de 4 estrelas, com cerca e 44 quartos.

Para já, quem visite as Termas de Melgaço, poderá ficar no Parque de Campismo ou na vila de Melgaço, a cerca de 10 minutos de carro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.