Escondida do turismo em massa, a aldeia é a casa da Praia da Fabrica, uma das atracções mais bonitas de Cacela Velha.

Virgem, selvagem e de uma beleza que lhe valeu o 7º lugar no top das 15 melhores praias do mundo pela revista espanhola «Condé Nast Traveler».

Para chegar lá, torna-se necessária uma viagem de barco pela ria Formosa, o que não será difícil de arranjar entre os pescadores locais, em troca de um pequeno incentivo monetário. Na maré baixa porém, basta arregaçar as calças e caminhar por entre as dunas para chegar ao areal, o que torna a experiência ainda mais rica. Aproveite para apreciar a vida animal como é o caso dos caranguejos e garças que por lá se passeiam.

Mas Cacela Velha não é só praia. A aldeia é uma das mais típicas e genuínas de todo o Algarve e merece uma visita.

Por lá poderá apreciar os vestígios arquitectónicos deixados pelos Romanos fenícios e árabes os fazer uma visita aos miradouros e contemplar a envolvente vista para o oceano. Admire a igreja quinhentista à beira da falésia, aprecie o forte oitocentista com origem islâmica e visite a casa do pároco.

Perca-se pelas ruas de típicas casas caiadas de branco e tome um café numa das várias esplanadas que por lá encontra. Passear pela aldeia é uma autêntica viagem ao passado não só pela obra arquitectónica como pelo facto de esta estar fechada ao trânsito de veículos. Se vai até lá de carro, terá de o deixar no estacionamento junto à entrada da aldeia e percorre-la a pé.

Cacela Velha é história, tradição mas também gastronomia. Por isso, não deixe de provar as conquilhas do Parque Natural da Ria Formosa, as ostras ou o arroz de lingueirão no Casa Velha.

Se é fã da natureza e procura tranquilidade e recato, este é sem dúvida um destino de eleição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.