Quem diz que viajar em grupo não é um desafio, desengane-se. Uma viagem de 10 pessoas, com as suas taras e manias, os seus feitios e as suas indefinições tem muito que se lhe diga e esta viagem foi, sem dúvida, memorável.

Tudo começou com “vamos esperar pela Black Friday e agarrar os melhores preços para visitar Milão e Cinque Terre”. E assim foi. Tudo colado ao ecrã do computador à espera da mágica meia-noite para a viagem se materializar. Depois disto, fomos ao sabor do vento e de onde os caminhos nos levaram.

Para tudo correr dentro dos conformes, decidimos colocar a Daniela como “tour líder” ou “delegada de turma” como lhe gostávamos de chamar, para tratar do itinerário e de tudo aquilo que 10 pessoas com vícios e gostos variados queriam ver - posso dizer que correu bem e que as expectativas foram confirmadas. Mas, nem sempre fomos 10. Começamos 6 e à moda portuguesa de “há sempre espaço para mais um”, existiu espaço para mais 4. E que grupeta se juntou!

Ansiamos muito esta viagem, queríamos explorar as maravilhas arquitetónicas, as cores vibrantes das vilas, “il amore” proferido a cada palavra na mais bela sonoridade e as peripécias que sabíamos que viriam a existir.

Aterramos em Milão e ficamos em dois apartamentos só por uma noite. Chegamos tarde e fomos comer a famosa pizza nos arredores da cidade e beber um belo limoncello, sendo que, pelo meio, ensinamos umas palavras portuguesas à dona da pizzaria (todos do Norte, gostamos de espalhar bem a mensagem portuguesa pelo mundo e, claro, “Cristiano Ronaldo” foi palavra de ordem, já que na altura jogava na Juventus).

No dia seguinte seguimos viagem de comboio desde La Spezia até às vilas belíssimas mais conhecidas por Cinque Terre. Visitamos Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare - no fundo, estes eram os destinos mais aguardados e desejados da viagem.

Cada ilha tem a sua particularidade e é impossível resistir ao encanto e tradição de cada uma delas. Riomaggiore faz-nos apaixonar desde o primeiro momento pelas suas casas às cores, a famosa Via dell’Amore (Caminho do Amor) e a sua postura imponente erguida sob duas falésias. Manarola é a pintura perfeita saída de um quadro com direção para o oceano. Corniglia é a única que não pode ser alcançada por via marítima e existem uns desafiantes 382 degraus para subir. Vernazza é marcadamente marítima e Monterosso al Mare é a mais antiga, estando dividida pela parte velha e nova. De todas levamos muito amor, registos fotográficos inesquecíveis e uma paisagem e pessoas extraordinárias.

E como reagir depois de uma visita destas? Regressar a Milão e explorar a catedral, a galeria, os restaurantes, as igrejas e todos os monumentos que consideramos interessantes. Tudo isto sem esquecer o hostel onde ficamos e não queremos repetir - tudo faz parte da viagem e, mais não seja, deu para rir.

Viajar em grupo tem muitas vantagens: traz uma maior sensação de segurança, reduz custos, melhora a nossa autoconfiança, fortalece laços e voltamos sempre com mais histórias para contar e com uma partilha de experiências fora do normal.

Se vais viajar em grupo e não sabes por onde começar, deixo-te algumas dicas que te podem ser úteis:

1. Chega a um consenso quanto ao local. Não vai existir o destino ideal para todos, mas a viagem não é como começa, nem como acaba, mas sim o caminho e esse faz-se com as pessoas.

2. Define bem o itinerário, mas deixa margem para o improviso.

3. Utiliza uma app para dividir os custos. Nós utilizamos a Splitwise e ajudou imenso para nos orientarmos sobre quem pagou o quê e quem deve a quem.

4. Vai de espírito aberto. Algumas coisas podem fazer confusão no início e tens de ter capacidade de adaptação às pessoas e aos lugares.

5. Se nunca fizeste isto e pretendes fazer, vai sem medo ou com medo até. A recompensa é sempre demasiado boa para não ser vivida.

Texto por: Sofia Baptista Soares, Voluntária na Associação Gap Year Portugal

Fotografias: João Costa

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.