Quem viaja para o país nesta altura pode descobrir tudo o que esta celebração implica e viver um pouco a magia deste dia que tem como objetivo principal “agradecer”. Fique a conhecer algumas tradições da data, que este ano se celebra a 26 de novembro nos EUA.

O Thanksgiving tem sempre lugar na quarta quinta-feira do mês de novembro e embora não exista um consenso histórico sobre onde e quando ocorreu a primeira refeição de Ação de Graças na América, costuma considerar-se que a celebração original do feriado ocorreu em 1621 na região onde hoje fica Plymouth, Massachusetts.

Conta-se que após a chegada do navio Mayflower a Plymouth Rock a 11 de dezembro de 1620, os peregrinos (britânicos) perderam 46 de seus 102 colonos originais, mas com a ajuda dos índios Wampanoag, aprenderam a cuidar melhor das suas colheitas e a sobreviver ao frio do primeiro inverno no "Novo Mundo".

Assim, quando no verão de 1621, conseguiram produzir uma colheita abundante, decidiram organizar um festival de 3 dias para comemorar o evento e para mostrar a sua gratidão aos nativos pela sua preciosa ajuda. Os índios foram convidados a comparecer a um grande banquete e assim nasceu a tradição que se mantém viva até aos dias de hoje.

Alguns dos eventos mais divertidos deste dia ocorrem na cidade de Nova Iorque.

Thanksgiving: um dos feriados mais famosos dos EUA. Afinal, o que celebram os norte-americanos?
Desfile em Nova Iorque créditos: DR

Logo pela manhã, entre as 09h00 e as 10h00 costuma acontecer o desfile da Macy’s (famosa loja de departamentos).  Durante a parada, balões gigantes de hélio, representando figuras conhecidas dos desenhos animados, como o Snoopy, o Mickey Mouse, o Homem-Aranha ou o Dragon Ball, carros alegóricos e bandas passeiam pelas ruas da cidade. Em 2020, em virtude da pandemia, o desfile não vai para as ruas. A Macy's optou antes por criar uma apresentação especial que depois vai ser transmitida pela televisão.

Entre as 12h00 e as 13h00 a atenção volta-se para o perdão presidencial do peru. Sim! Um peru é salvo da morte pelo Presidente (certamente já viram isto na televisão). A tradição começou quando em meados do século XX, o Presidente dos Estados Unidos “perdoou” um ou dois perus que iam ser cozinhados no Dia de Ação de Graças, poupando-lhes a vida. A partir daí, todos os anos um peru é perdoado e salvo da panela.

Peru na Casa Branca
Peru na Casa Branca créditos: DR

E, por falar em panela, uma parte essencial da experiência americana de Ação de Graças é a comer, comer muito! Preparar uma refeição adequada para o Dia de Ação de Graças pode levar horas, às vezes até dias, dependendo dos pratos servidos e da quantidade de pessoas convidadas para a mesa. Só assar o peru recheado (dependendo do seu tamanho) leva pelo menos três a cinco horas.

Para a maioria das famílias o peru é a verdadeira estrela da festa e fica no centro da mesa de Ação de Graças. Pode ser assado, defumado, frito… não pode é faltar o peru. O tradicional é assado e recheado com pão, cebola, aipo, sal, pimenta e outras especiarias e ervas.

As outras coisas que não podem faltar na mesa são o molho de arando (cranberry sauce), o puré de batata e a tarte de abóbora.

Mesa de Thanksgiving
Mesa de Thanksgiving créditos: Unsplash

Depois do almoço, é tempo de assistir aos jogos de futebol americano e descansar, porque no dia seguinte começa a temporada oficial de compras de Natal com a Black Friday — famosa nos EUA (e agora no resto do mundo) por oferecer grandes descontos e causar a histeria geral entre as pessoas que correm de uma loja para a outra em busca das melhores ofertas.

Felizmente, para aqueles que não gostam de multidões ou não podem sair de casa, inventaram, mais recentemente a Cyber ​​Monday (na segunda feira seguinte ao Thanksgiving), que funciona como o equivalente da Black Friday, mas para compras online.

Apesar de hoje este dia ser (como quase todos os outros feriados e dias comemorativos) uma boa desculpa para o comércio vender mais, o espírito desta celebração ainda é muito bonito. O Dia de Ação de Graças é uma celebração para a família e para os amigos e uma excelente oportunidade para agradecer tudo de bom que a vida nos dá.

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.