Salvador é uma cidade excecional com uma história rica e uma energia invulgar que facilmente conquista o visitante e garante umas férias memoráveis. Vá descobrir Salvador com a TAP e desfrute de tudo o que este magnifico destino tem para lhe oferecer!

CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR

Fundada em 1549 pelos portugueses, a cidade de Salvador da Bahia, na costa da Baía de Todos os Santos, ainda hoje impressiona. A arquitetura europeia sobreviveu aos séculos, e as suas ruas, praças e igrejas estão agora classificados como Património Mundial pela UNESCO.

O primeiro traçado das ruas da cidade é creditado ao arquiteto português Luís Dias e o Centro Histórico de Salvador abrange as áreas do Pelourinho, Praça da Sé, Terreiro de Jesus, Largo de São Francisco e Santo António Além do Carmo. A via principal de acesso é a tradicional Rua Chile, que começa na Praça Castro Alves e termina na Praça da Sé. É o maior conjunto arquitetónico do período colonial da América Latina e integra museus, centros culturais, igrejas, restaurantes, hotéis e lojas.

Inicialmente localizada no cimo de uma colina, a cidade expandiu-se em direção ao mar, ocupando uma estreita faixa costeira, e daí resultou a divisão de Salvador em cidade Baixa e cidade Alta. A ligação entre essas duas áreas sempre foi complicada, mas com o tempo foram abertos caminhos e em 1872, o problema foi resolvido com a construção de um dos principais cartões-postais da cidade, o Elevador Lacerda, hoje totalmente integrado na paisagem e no quotidiano do povo de Salvador.

Bahia
créditos: PxHere

Dica de roteiro: comece o seu passeio por Salvador, visitando a fortaleza e farol de Santo António da Barra — construídos nos tempos coloniais para defender o porto e guiar os navios com segurança para dentro e fora da Baía de Todos os Santos.
Siga depois pelas ruas históricas, observe as mansões antigamente habitadas pela nobreza portuguesa e brasileira e visite o monumento que representa a consolidação da independência do Brasil.
Suba até ao Pelourinho no Elevador Lacerda aprecie a vista maravilhosa que se tem do topo e caminhe pelas ruas pavimentadas com pedras originais do século XVII. Pare na Igreja de São Francisco de Assis e na Catedral Basílica. São edifícios simples por fora, mas brilhantes como ouro por dentro.

Bahia
créditos: The Travellight World

A Fundação Casa de Jorge Amado, o Palácio Rio Branco e o Palacete das Artes também merecem uma visita.

Jorge Amado é um dos escritores mais admirados e talentosos do Brasil. Como nasceu na Bahia e morou em Salvador, existem duas instituições com o seu nome na cidade, ambas abertas ao público. A Fundação Casa de Jorge Amado oferece exposições do trabalho do escritor, uma loja e um café; já a Casa do Rio Vermelho é a casa onde Amado e a sua esposa, Zélia Gattai, moravam.

O Palácio Rio Branco na cidade alta é um dos palácios mais antigos do Brasil. Construído em 1549, é uma das maravilhas arquitetónicas da cidade, tendo sido modificado e ampliado ao longo dos anos. Como a antiga casa do governo do estado, alberga medalhas e recordações dos governadores da Bahia.

O Palacete das Artes, informalmente conhecido como o Museu Rodin de Salvador — por abrigar, entre outras obras, quatro peças deste escultor francês, — é uma visita imperdível para quem aprecia escultura.

IGREJAS

São várias as igrejas importantes em Salvador, mas as que mais se destacam são a da Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a do Nosso Senhor do Bonfim.

A Igreja da Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, construída no século XVIII, resultou do esforço dos escravos que, impedidos de prestar culto nas mesmas igrejas que os seus senhores, construíram o seu próprio espaço de adoração. Com duas torres sineiras e pintado de azul e branco, é um edifício arquitetonicamente interessante que ainda hoje está em funcionamento. Os serviços são uma mistura de catolicismo e candomblé e os visitantes, geralmente, bem-vindos. Tem altares neoclássicos no seu interior e um pequeno cemitério de escravos na parte de trás.

A Igreja do Nosso Senhor do Bonfim é talvez a mais famosa das centenas de igrejas de Salvador. Representa a coexistência das duas religiões predominantes na área: o catolicismo e o candomblé (originário da África Ocidental). A Festa do Bonfim, que há séculos mobiliza milhares de fiéis, simpatizantes e turistas é um evento muito importante na vida da cidade. Três dias antes do dia oficial do Nosso Senhor do Bonfim, baianas lavam as escadarias da Igreja num ritual a que é dado o nome de "a Lavagem do Bonfim". O ritual faz parte da cerimónia das Águas de Oxalá, reveste-se de um caráter afro-religioso e conta com grande participação do povo.

Bahia
créditos: PxHere

MERCADOS E FEIRAS

Não há melhor lugar para comprar uma lembrança de Salvador do que o Mercado Modelo. Centenas de barracas vendem alimentos e bebidas, roupas, calçado,  joias, pinturas e artesanato. O mercado tem também uma boa variedade de restaurantes e bares tradicionais brasileiros.

Já a Feira São Joaquim é um labirinto de becos estreitos cheios de tudo o que possa precisar. É um mercado local, onde se encontra desde animais a frutas exóticas, temperos e camarão salgado. É excelente para fotografar!

PRAIAS

A Praia Porto da Barra é amplamente considerada a melhor praia pequena de Salvador e o melhor lugar da cidade para assistir ao pôr do sol. As suas areias douradas enchem-se de gente, principalmente nos fins de semana e nos feriados.
A Praia do Farol da Barra é ampla e limpa e tem ondas suaves. No Carnaval e na véspera de Ano Novo é o coração das comemorações da cidade.

O litoral em volta de Salvador também tem uma concentração de praias deslumbrantes, com águas azul-turquesa calmas e ótimas condições para apanhar sol e nadar. De entre elas, a Praia de Imbassai, situada a 63 quilómetros do centro da cidade, é talvez a melhor.

Bahia
créditos: The Travellight World

DANÇAS FOLCLÓRICAS, SAMBA E CAPOEIRA

As apresentações noturnas de dança, capoeira e samba no Balé Folclórico, um pequeno teatro no Pelourinho, são completamente hipnotizantes. Não são apenas incríveis pela força, equilíbrio e movimento, mas porque interligam de forma perfeita histórias, mitos e folclore. Assistir a um destes espetáculos dar-lhe-á uma maior compreensão da história e da cultura da Bahia e não há muito que se compare com o notável grupo de 32 pessoas que juntas representam a única companhia profissional de dança folclórica do Brasil. Os seus espetáculos destacam a herança cultural da região e interpretam as danças folclóricas baianas dentro numa visão teatral contemporânea.

Salvador desde 284€