É um fenómeno natural que chama atenção devido à cor vermelha que estas plantas ganham no final do verão e início do outono. Na verdade, não se trata de uma praia, mas sim de uma zona húmida gigante, o maior pântano de juncos do mundo.

Aí, cresce também uma erva chamada Suaeda salsa, sendo ela a responsável por dar este efeito visual incrível ao lugar, principalmente quando visto de cima.

A região é uma reserva natural e uma atração turística. É possível caminhar por passadiços de madeira entre a zona húmida e observar a Praia Vermelha (Red Beach) em todo o seu esplendor, além das muitas espécies de pássaros e outros animais que ali vivem.

Panjin fica a cerca de 600 quilómetros de Pequim, uma viagem de três horas de comboio.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.