Se pensa que a cidade se resume ao futebol, desengane-se. A sua história constrói-se muito antes do Manchester United e o Manchester City se tornarem dois dos expoentes máximos do futebol mundial. O conceito de uma cidade com dois clubes não é novo e, na verdade, este acaba por ser apenas só mais um pormenor que lhe dá cor. Se ainda assim não consegue resistir ao desporto-rei, o National Football Museum faz-lhe a devida homenagem e merece uma visita. A vida da cidade passa por aqui, sim, mas não só: chuvadas à parte, o tempo passado em Manchester é sempre de qualidade.

Today is gonna be the day...

Não há boa escolha se não souber por onde escolher. De forma a poupar algum tempo e trabalho, a ideia é que possa optar pela forma como quer conhecer Manchester, dado que irá dedicar-lhe toda a sua manhã. Propomos-lhe três possibilidades. A si, caber-lhe-á escolher.

Se pretende uma abordagem essencialmente política, com a democracia e os direitos civis como ponto de partida, o People’s History Museum dá-lhe a conhecer as lutas sociais que aqui se travaram, esta que é a cidade que personifica muitos dos movimentos sindicais que depressa se alastraram ao resto da Europa. Uma cidade metamórfica que soube adaptar-se a todas as mudanças que testemunhou, mesmo as mais dolorosas. No Museum of Science and Industry poderá ouvir contar a história da Revolução Industrial e a vida de Manchester, a partir do século XVIII. Afinal, não é em vão que o símbolo da cidade é a abelha, conhecida e reconhecida por ser uma trabalhadora laboriosa e incansável.

museum of science and industry manchester

Por outro lado, se procura uma visão mais bélica e crua, o Imperial War Museum North é uma solução a ter em conta, dado que permite ter uma perspectiva real de todo o impacto que a guerra causou na vida das pessoas, a partir do primeiro conflito mundial. Uma extensão do museu de Londres e que nem por isso lhe fica atrás, complementando-o. Pelo caminho, o testemunho de alguns dos edifícios mais emblemáticos, tais como  o Manchester Town Hall e o Albert Memorial, em Albert Square, de bibliotecas, entre as quais se destacam a Biblioteca Central de Manchester e a Biblioteca John Rylands, e de igrejas — Catedral de Manchester e Saint Ann’s Church.

Os amantes da Natureza também terão alguns locais onde poderão desfrutar em pleno. Neles, as flores, os pássaros e os esquilos são uma constante. Diz quem sabe que o Fletcher Moss Park & Botanical Gardens é imperdível, tal como o Didsbury Park: um verdadeiro jardim secreto que não mais irá esquecer. Se não resiste à lufa-lufa de um mercado ou de uma feira, ainda com a luz do Sol no horizonte, propomos o Bury Market, o Arndale Market e o Street Food Market at Piccadilly.

albert square manchester

 ...and the night!

Compreender Manchester passa pelo dia, é certo, mas passa também pela noite. E muito! Ou não fosse esta a cidade berço de bandas emblemáticas como os Joy Division, Oasis ou The Smiths. Depois de um dia movimentado, esta é a melhor hora para compreender um outro lado de Manchester, um lado onde a diversão impera e a diversidade é o cartão de visita. Shambles Square é uma praça onde o passado se harmoniza com o presente, e onde se pode ver ao vivo e a cores o único edifício deixado pelos Tudor (séc. XV) que conseguiu resistir ao massacre da guerra. A ele, juntam-se alguns outros, de estilo vitoriano (séc. XIX).

clube manchester

Dada a sua importância e relevância na história da cidade, terão sido retirados dos seus locais originais, desmontados e posteriormente ali colocados, construindo desta forma uma nova praça na cidade. Em Manchester Piccadilly, a bandeira LGBT dá o mote para aquela que pode ser uma noite divertida, numa zona onde se presta homenagem a Alan Turing. Só para descobrir porquê, vale a pena uma visita.

Entre Piccadilly e Ancoats, encontrará a oportunidade perfeita para desfrutar de uma opção mais alternativa como a que Northern Quarter lhe propõe. Restaurantes, bares e música... muita música e para todos os gostos. Passadas 24 horas, estará apto para perceber que, afinal, este foi apenas um prelúdio para a próxima viagem à cidade. Porém, quando comprar os bilhetes para Manchester já saberá tudo aquilo que irá encontrar e, assim, poderá fazer o seu próprio tour.

Manchester desde 48€