O que nos leva a concluir que nem todos se renderam à sua visão de “um edifício compacto de linhas geométricas limpas”. Críticas à parte, os mais frios, e porventura menos conservadores, encaram o museu como uma contribuição de peso na paisagem urbana de São Francisco, já que, dizem eles, marcou o fim do pós-modernismo e o início do neo-modernismo na cidade.

Ao longo dos anos, o SFMOMA, como é mais conhecido, somou vários melhoramentos, como um jardim na cobertura por exemplo. Nada porém que se compare ao novo anexo, inaugurado em maio de 2016, desenhado pelos arquitetos noruegueses da Snøhetta: dobrou a área útil e reforçou o simbolismo do museu. Pasme-se quem antes achou o edifício de Botta demasiado transgressor, pois este, com dez andares e uma estrutura toda em aço, onde se destaca uma fachada texturada em polímero reforçado com fibra de vidro, é, a meu ver, bem mais ousada. Mudaram os tempos?

- SFMOMA | EUA, 151 3rd St, San Francisco, CA 94103. De sexta-feira a terça-feira, das 10.00 às 17.00 (até às 21.00 à quinta-feira). Encerra à quarta-feira. Os espaços públicos abrem, todos os dias, às 09.30


Por João Miguel Simões (follow me on Instagram @jmigsimoes)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.