Longe vão os dias de escrever listas de Natal à mão. Com a Internet em praticamente todos os dispositivos, as crianças só precisam entrar no Google para encontrar o URL exato do brinquedo desejado a tempo da visita do Pai Natal.

Os brinquedos não são apenas para crianças: um estudo descobriu que 58% dos adultos nos EUA compraram um brinquedo para si, para poderem divertirem-se a jogar consola ou a dar uma volta numa trotinete.

Não importa a sua idade, existe sempre um brinquedo que ocupa um lugar muito especial no seu coração. Mas quais brinquedos, em particular, são os mais populares em cada país?

TheToyZone analisou os volumes de pesquisa do Google para descobrir qual o brinquedo que cada país pesquisa mais online, para mapear o brinquedo mais popular em 161 países em 2022.

Fonte imagens: TheToyZone 

Quatro dos cinco brinquedos mais procurados no mundo são consolas de jogos e, desses, a PS5 recebe a maior média de pesquisas mensais (15 milhões).O Lego também está no Top5, sendo pesquisado globalmente mais de seis milhões de vezes por mês, em média. Com uma média de 1,35 milhões de pesquisas por mês, o jogo de tabuleiro mais procurado globalmente é o Ludo. A Barbie é o brinquedo mais popular em 32 países — mais do que qualquer outro.

Em Portugal, o brinquedo mais popular é o Cluedo. A nível de jogos de construção é a Playmobil que mais pesquisas recebe, a Nintendo Switch é a consola mais popular e Star Wars é o favorito, na categoria de brinquedos com origem na TV. O Spiderman é o super-herói mais procurado e Hot Wheels o brinquedo clássico que recebe mais atenção. Em relação aos brinquedos dos anos 90, é o Game Boy que ainda se mantém popular entre os portugueses e, ao contrário da tendência mundial, em Portugal a Barbie perde o lugar para a L.O.L. Surprise.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.