"Estou emocionada, quero chorar, mas estou a controlar-me", confidencia Clara Mazzoni, após a abertura dos portões, toda vestida de branco, com bolsa, "pins" e arco com orelhas à imagem da personagem Marie, dos "Aristogatos".

"Saí de Reims (nordeste de França) às 6h15 para não ter que fazer fila na entrada", diz esta assídua visitante, que costumava visitar o parque uma vez por semana.

A partir das 8h50, os primeiros visitantes, a maioria fantasiado, foram recebidos na Town Square e depois na Main Street por uma guarda de honra de funcionários e por um baile de personagens emblemáticos do universo Disney.

Alguns visitantes puderam visitar o parque nos dois dias anteriores à reabertura, 15 e 16 de junho, reservado para assinantes anuais.

"Mal podia esperar", disse Maxime, de 9 anos e meio, que contou que não conseguia "dormir há três dias" devido à ansiedade de voltar ao parque.

"Já sentia falta do parque há muito tempo", afirma Johanna Dieux, uma Branca de Neve de 6 anos. "Por causa da COVID, não podia vir ", lamentou a pequena.

Fechado desde o dia 30 de outubro de 2020, a Disneyland Paris reabriu ao público, mas com capacidade reduzida.

Hoje, pode acomodar "28.000 pessoas, o que limita as entradas" do parque, que tem capacidade para receber "até 50.000 visitantes por dia", afirma Djamila Ouaz, delegada do sindicato CFDT.

Todas as atrações e lojas estão abertas, mas os visitantes a partir dos seis anos, assim como os funcionários, devem utilizar máscara "durante todo o dia", frisou a Disneyland Paris num comunicado à imprensa.

"Impusemos medidas sanitárias reforçadas em todo o 'resort', nas nossas atrações, lojas, hotéis e restaurantes", insistiu a presidente do parque.

2.000 distribuidores de álcool em gel

Para limitar a disseminação do coronavírus, foram espalhados pelo chão adesivos que lembram o distaciamento físico obrigatório e painéis de acrílico foram colocados na frente e, às vezes, dentro das próprias atrações.

Também foram instalados cerca de 2.000 pontos com "dispensador" de álcool em gel.

Dos sete hotéis, apenas o Newport Bay Club está aberto. A inauguração do novo Hotel New York, com 561 quartos dedicados ao universo Marvel, será no dia 21 de junho.

Depois de um primeiro encerramento entre 13 de março e 15 de julho de 2020, o parque, principal destino turístico na Europa, voltou a fechar as portas mais duas vezes.

Segundo o CFDT, o parque recebeu 3,5 milhões de visitantes em 2020. A Disneyland Paris não divulga o número de visitantes anuais desde 2015, quando atingiu 14,8 milhões.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.