Um estudo realizado pela Post Office Travel Money revelou que as férias em família com tudo incluído acabam por ser mais caras comparativamente com um Bed&Breakfast, em determinadas regiões.

Os dados revelam que dois terços das famílias gastam mais em alimentação e bebidas pelas quais já pagaram, ao optarem por comer fora ou pedirem bebidas e outros itens mais caros do menu nos resorts e hotéis. E, ainda, que 7 em 10 destinos revelaram ser mais baratos para as famílias em alojamentos B&B comparativamente com os resorts e hotéis com tudo incluído na mesma região.

Em determinadas regiões de Espanha, Malta e Portugal o tudo incluído acaba por sair mais caro. E no caso concreto do nosso país, a região do Algarve revelou ser 11% mais cara para um tudo incluído comparativamente com um B&B. Malta revelou ser aquele em que as famílias podem poupar mais entre uma estadia num tudo incluído e B&B, com uma diferença de mais de 700 euros.

Eis o comparativo de preços entre um "tudo incluído" e um B&B, já com alimentação, bebidas e extras, realizado pelo estudo:

Sliema, Malta

Tudo Incluído: 2.961,19 euros - B&B: 2.212,00 euros

Costa del Sol, Espanha

Tudo Incluído: 2.369,88 euros - B&B: 1.830,75 euros

Costa Blanca, Espanha

Tudo Incluído: 2.475,39 euros - B&B: 2.075,39 euros

Sorrento, Itália

Tudo Incluído: 2.797,71 euros - B&B: 2.483,51 euros

Algarve, Portugal

Tudo Incluído: 2.068,43 euros - B&B: 1.863,21 euros

Sunny Beach, Bulgária

Tudo Incluído: 2.347,85 euros - B&B: 2.244,66 euros

Paphos, Chipre

Tudo Incluído: 2.818,58 euros - B&B: 2.750,18 euros

Creta, Grécia

Tudo Incluído: 2.088,14 euros - B&B: 2.255,10 euros

Maiorca, Espanha

Tudo Incluído: 2.169,30 euros - B&B: 2.444.09 euros

Marmaris, Turquia

Tudo Incluído: 1.739,15 euros - B&B: 1.960,60 euros

Os dados têm em conta uma família de quatro para uma semana de férias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.