O Festival Internacional de Balonismo regressa em 2019 com duas edições, uma primeira em outubro e uma segunda em novembro.

A empresa organizadora do evento, a Windpassenger, também já confirmou a realização de duas edições a partir de 2020, a decorrer em outubro e março, em locais diferentes.

“Depois do sucesso das duas edições, faz todo o sentido voltarmos a trazer a Coruche este festival tão diferente que vai muito além dos balões de ar quente, com gastronomia, cultura, feiras e atividades para toda a família que promovem a prática do balonismo e o que melhor se faz nesta região ribatejana. A experiência das últimas edições ajudou-nos a perceber como podemos melhorar para continuarmos a fazer deste evento uma referência mundial e uma festa para todos os que nos visitam. Podem marcar já nas vossas agendas as datas do festival, 29 de outubro e a 3 de novembro de 2019” afirma Guido, da Windpassenger.

Pelo festival passaram aproximadamente 15.000 visitantes. Alguns deles voaram de balão, outros apenas deixaram-se encantar pelos cerca de 28 balões, alguns deles tão impressionantes como uma mota, uma garrafa de licor, uma botija de gás, um mergulhador um cão ou uma boneca, que diariamente encheram o céu de cor e fantasia como só um balão de ar quente proporciona.

Aliás, esta voltará a ser uma das grandes apostas das próximas edições: trazer a Portugal mais balões de formato especial de equipas de todo o mundo. Assim como aumentar a oferta de atividades alternativas aos voos para todas as idades, tanto para amantes do balonismo, como para apreciadores de boa gastronomia, artesanato, workshops, arte e cultura, concertos e espetáculos.

Se não teve a oportunidade de estar na edição mais recente do festival, pode sempre fazer uma experiência de voo, disponível de norte a sul do país (mediante as condições climatéricas), com a Windpassenger.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.