O rápido declínio desse pássaro-cantor significa que as crias não poderão aprender os chamamentos de acasalamento, se os adultos desaparecerem, de acordo com investigadores da Universidade Nacional da Austrália.

O Anthochaera phrygia macho tem um canto rico e uma complexa variedade de tonalidades nos habitats mais populosos, mas fica mais simples em outros lugares, descrevem os cientistas num estudo publicado pela revista Proceedings of the Royal Society B.

O autor principal, Ross Crates, diz que essas descobertas são "um sinal de que o Anthochaera phrygia está à beira da extinção", porque a perda da capacidade de cantar reduz as possibilidades de acasalamento.

Os cientistas descobriram que 18 destes pássaros, em torno de 12% do total da população masculina, conseguem reproduzir apenas os sons de outras espécies, mas não os seus próprios.

"Essa falta de habilidade para se comunicar com sua própria espécie não tem precedentes no mundo animal", afirma o coautor do estudo Dejan Stojanovic.

Os cientistas esperam agora ensinar os pássaros em cativeiro a cantar como os seus pares na natureza, com a ajuda de gravações. Existem apenas algumas poucas centenas deles em liberdade.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.