Se está a trabalhar de forma remota, porque não o fazer a partir das Maurícias? O país insular no oceano Índico apresentou um programa de vistos de longa duração, mais precisamente, um ano.

Os vistos são dirigidos para visitantes, reformados e pessoas que queiram trabalhar de forma remota a partir das ilhas. Não é permitido ingressar no mercado de trabalho local.

Para obter o visto, os visitantes terão de demonstrar os planos da viagem, bem como garantir que têm seguro de saúde para o período inicial de estadia.

As Maurícias registaram apenas 439 casos de COVID-19 e dez mortes, sendo que o último óbito foi registado a 29 de abril. De momento, o país não conta com novos casos.

Saiba mais sobre o programa de vistos premium aqui.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.