O Empire State Building anunciou a sua participação no plano do presidente eleito Joe Biden de criar um memorial para as vidas americanas perdidas durante a pandemia da COVID-19 com a sua iluminação icónica, representando um coração a bater.

Durante vários meses ao longo do período mais difícil de Nova Iorque, os batimentos cardíacos do Empire State Building mostraram solidariedade e suporte a milhões de pessoas afetadas pela COVID-19, especificamente aos trabalhadores de emergência que enfrentaram o primeiro grande surto da pandemia.

Milhões e milhões de visualizações em todo o mundo comprovaram que o Empire State Building é um símbolo e ícone internacional da cidade de Nova Iorque. Todas as noites, às 21h, o Empire State Building mostrava um espetáculo de luzes com a música "Empire State of Mind".

O batimento cardíaco em vermelho irá regressar na noite de 19 de janeiro, das 17h30 às 2h, com a música de Alicia Keys e o espetáculo de luzes que a acompanha no edifício.

A Empire State Realty Trust participará do memorial pré-inaugural do presidente eleito Joe Biden. Os sinos da igreja soarão, e as torres e os pontos turísticos serão iluminados em todo o país como forma de união e lembrança.

A experiência do observatório do Empire State Building foi reaberta e começou a receber os visitantes com segurança em julho, e continua a atuar como o símbolo nacional e internacional de força e da capacidade de superar qualquer adversidade.

O Empire State Building foi nomeado o destino de viagem mais popular do mundo num estudo realizado pela Uber e foi eleito o edifício favorito dos EUA numa pesquisa realizada pelo American Institute of Architects.

O Empire State Building foi classificado como a atração número 1 da cidade de Nova Iorque na lista de viagens da Lonely Planet na 2ª edição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.