A Emirates é a primeira companhia aérea a realizar testes rápidos de COVID-19 no local, em passageiros.

O exame de sangue rápido foi realizado pela Autoridade de Saúde dO Dubai (DHA) e os resultados ficaram disponíveis em 10 minutos. Este teste foi convenientemente realizado na área de check-in de grupo do Terminal 3 do Aeroporto Internacional do Dubai.

Adel Al Redha, Diretor de Operações da Emirates, refere: “O processo de teste foi tranquilo e gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer à Autoridade de Saúde do Dubai pelas suas iniciativas e soluções inovadoras. Isto não seria possível sem o apoio do Aeroporto do Dubai e de outras autoridades governamentais. Estamos a trabalhar em planos para ampliar os recursos a testes no futuro e alargá-los a outros voos. Isto irá permitir a realização de testes no local e fornecer confirmação imediata aos passageiros da Emirates que viajam para países que exigem certificados de teste à COVID-19. A saúde e a segurança dos funcionários e passageiros no aeroporto continuam a ser de extrema importância”.

Sr. Humaid Al Qutami, Diretor Geral da Autoridade de Saúde do Dubai (DHA), afirma: “Estamos felizes por trabalhar com a Emirates na implementação bem-sucedida dos testes rápidos à COVID-19 no aeroporto para passageiros. Para combater a COVID-19, trabalhamos proativamente com várias organizações governamentais e do setor da saúde, implementando todas as medidas necessárias, desde a proteção da saúde pública até a prestação de serviços de saúde de alta qualidade, em conformidade com as mais recentes diretrizes internacionais. Acreditamos firmemente que as soluções mais eficazes exigem parcerias estreitas com outras organizações do setor público e privado. ”

As formalidades de check-in e embarque da companhia aérea também foram adaptadas com o distanciamento social em mente. Barreiras de proteção foram instaladas em cada balcão de check-in para fornecer medidas de segurança adicionais aos  passageiros e funcionários durante qualquer interação. Luvas, máscaras e desinfetantes para as mãos são obrigatórios para todos os funcionários do aeroporto.

Também é necessário que os passageiros utilizem as suas próprias máscaras quando estiverem no aeroporto e a bordo do avião e que sigam as diretrizes de distanciamento social. A Emirates modificou os seus serviços a bordo por razões de saúde e segurança.

Revistas e outros materiais de leitura impressa não estarão disponíveis e, embora alimentos e bebidas continuem a ser oferecidos a bordo, a embalagem e a apresentação será modificadas para reduzir o contacto durante o serviço de refeições e minimizar o risco de interação.

Atualmente, a bagagem de cabine não é aceite em voos. Os itens de bagagem permitidos na cabine são limitados a computadores portáteis, bolsas, malas ou artigos de bebé. Todos os outros artigos devem ser registados e a Emirates adicionará a franquia de bagagem de cabine à franquia de bagagem dos passageiros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.