A ponte, que se eleva a mais de 500 metros acima do curso de um rio, apresentada como "a mais alta do mundo", foi aberta na quinta-feira à circulação na China, onde une duas províncias montanhosas do sudoeste deste país.

A ponte Beipanjiang localiza-se a 565 metros acima de um rio, o equivalente a um edifício de 200 andares.

A nova infraestrutura vai diminuir o tempo de ligação entre as cidades de Xuanwei, na província de Yunnan, e de Shuicheng, na de Guizhou, para uma hora, contra mais de quatro anos anteriormente.

Veja também: Atrações turísticas impróprias para quem sofre de vertigens

A ponte, de 1.341 metros de comprimento, exigiu um investimento de mais de 148 milhões de euros, segundo o jornal de Guizhou.

A ponte Beipanjiang destrona a ponte do rio Si Du, na província de Hubei (centro), como a mais alta do mundo. Mas em termos de estrutura, ou seja, de acordo com a altura dos seus pilares e não a distância do solo, a ponte mais alta do mundo continua a ser o viaduto de Millau, na França, com 343 metros.

Veja um vídeo sobre a construção da ponte:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.