A medida, que entrou em vigor este domingo, 01 de maio,  será limitada aos fins de semana.

Göttingen é a primeira cidade alemã a anunciar uma medida deste tipo, adotada após um incidente ocorrido há alguns meses numa piscina municipal.

Um funcionário do estabelecimento pediu a um banhista, que pensou se tratar de uma mulher, que cobrisse o peito. O banhista recusou-se, porque identificava-se como pertencente ao sexo masculino.

O incidente abriu um debate público, e a autarquia acabou anunciou esta semana que vai autorizar homens e mulheres a tomarem banho com o peito descoberto.

Alguns moradores lamentam que a medida vá se limitar apenas aos fins de semana. Segundo a câmara municipal, será assim, devido às aulas de natação das escolas durante a semana.

O diretor de um centro aquático disse, por sua vez, a um jornal local que seria necessário chegar a um acordo com os "utentes de outras culturas" que possam ter problemas com nudez.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.