A marca Croissant da Vila tem por base uma receita de croissant original criada por João Calhordo, o chef pasteleiro da fábrica familiar “Liansini”, fundada em 1996, na Cotovia. O lançamento mais recente é o Croissant Gigante, que é pedido em exclusivo por encomenda em qualquer loja da marca.

“Este Croissant veio simbolicamente celebrar o desconfinamento e a possibilidade de reencontro entre familiares, amigos ou colegas, já que devido às suas dimensões é direcionado para a partilha.” afirma o Chef João Calhordo.

créditos: RUI PEREIRA

Simples ou com recheio, o Croissant da Vila apresenta uma massa estaladiça por fora e suave no interior. Entre os recheios doces é possível escolher sabores como chocolate, Nutella, Kinder Bueno, doce de morango, de ovo ou doce de abóbora. Nos salgados, há presunto e queijo curado, atum, frango, salmão e queijo Filadélfia.

“A loja da Ericeira inaugurou em janeiro, numa realidade crítica, com a proibição da venda ao postigo de bebidas e só com o serviço take-away. Este teste de esforço correu muito bem, com uma grande procura por parte de clientes. Não poderia ter existido prova maior da solidez da nossa estratégia. A loja de Brejos de Azeitão, que acaba de inaugurar, foi também muito bem recebida, o que nos deixou ainda mais confiantes para a dar continuidade ao nosso plano de expansão”, congratula-se Silvana Cidade, co-gestora da marca e responsável pelo processo de expansão.

Em contraciclo ao contexto pandémico que se vive e de acordo com os gestores da marca, os pedidos para aberturas de lojas têm vindo sempre a crescer, estando prevista a abertura de várias lojas no centro do país ainda durante este ano. Em 2022, o objetivo será de âmbito nacional. E para dar resposta a esta procura, a empresa iniciou investimentos numa fábrica artesanal, com uma capacidade de produção de 24.000 croissants/hora.

créditos: RUI PEREIRA

“Temos tido muitas pessoas interessadas em franchisar a marca, não só por ser um produto de excelência, mas também porque o nosso posicionamento é único no mercado. A nossa aposta baseia-se na produção própria, artesanal, enquanto a maior parte das marcas opta pela revenda de produtos produzidos industrialmente. Fizemos essa opção que exige mais da nossa parte, mas assim temos a certeza que garantimos a qualidade e o fornecimento do produto. E isto, para nós, é fundamental.” refere João Jesus, co-gestor da marca e responsável pelo franchising.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.