Esqueça os menus fixos e os preçários. Nada disso existe no Restaurante Pensão Flávia, em Chaves. Aqui, não vai ficar horas a olhar para o cardápio enquanto tenta decidir o que vai pedir. Essa é uma decisão que não lhe cabe a si, já que a comida vai chegando à mesa segundo a vontade do cozinheiro Sérgio Seixas. Não se preocupe, não ficará com fome. A comida chega em doses generosas e é tudo delicioso, à boa maneira transmontana.

Os petiscos sucedem-se e vão para a mesa mais de 10 frigideiras onde são servidas favas com chouriço, camarões, ovos mexidos ou caldo verde entre outras opções. São várias entradas frias e quentes, o prato principal e a sobremesa, sem esquecer as bebidas que incluem vinhos da região. Tudo o que é servido depende da vontade do cozinheiro, que além de preparar o que os clientes vão comer, ainda anima as refeições com a sua boa disposição. Sérgio Seixas é um verdadeiro One Man Show, além de cozinhar e gerir o espaço, ainda toca viola enquanto canta e faz cantar, garantindo que a refeição não se torna um momento aborrecido.

No fim da refeição, é o momento dos clientes tomarem a decisão de quanto querem pagar pela experiência gastronómica e musical. Sem valor fixo, os responsáveis confiam no bom senso de cada um, que avaliam e pagam o que quiserem. O valor é colocado num pote, sem pressões.

Embora possa parecer um conceito arriscado, já que cada um paga o que quer, a verdade é que tem resultado bastante bem. O Restaurante Pensão Flávia recebe clientes de todo o país (além de muitos estrangeiros), está quase sempre cheio (reserva é essencial para garantir mesa) e já se tornou um ponto de paragem obrigatório em Chaves.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.