Percorrer o tempo e o espaço em busca de algumas das cidades mais marcantes da História do Continente Asiático é a proposta do historiador João Paulo Oliveira e Costa com o curso online “Berço das Civilizações Asiáticas”, que o Museu do Oriente realiza aos sábados, entre 6 de fevereiro e 27 de março.

Em oito sessões, os participantes vão ficar a conhecer os locais onde despontaram as artes e a cultura, sob a tutela de reis e imperadores famosos, auxiliados por sacerdotes, monges, escribas e generais, de que são exemplo Mohenjo Daro e Harappa, Jerusalém, Persépolis e Babilónia, Xian, Quioto, Angkor, Samarcanda e Delhi.

As primeiras grandes civilizações sedentárias desenvolveram-se no território asiático, à excepção do Egito dos faraós. Tendo-se instalado em vales férteis, despontaram naturalmente pelo engenho dos seus fundadores, mas articularam-se sempre com regiões mais ou menos distantes.

Ao longo dos séculos, por toda a Ásia nasceram assim grandes cidades, que foram capitais de grandes nações, e que se tornaram muitas vezes em metrópoles que senhoreavam vastos impérios assentes nas encruzilhadas de rotas mercantis.

João Paulo Oliveira e Costa é historiador e escritor, professor catedrático da NOVA-FCSH, investigador do CHAM e coordenador da Cátedra UNESCO "O Património Cultural dos Oceanos".

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.